Vicária Redenção: Memória, Historiografia E A Questão Do Anti-Semitismo No Rio De Janeiro Na Década De 1940 – Andre De Lemos Freixo

Vicária Redenção: Memória, Historiografia E A Questão Do Anti-Semitismo No Rio De Janeiro Na Década De 1940 – Andre De Lemos Freixo
Acessar

Resumo:

A presente dissertação analisa a questão do “anti-semitismo no Brasil” durante a década de 1940. Considerando este debate; o estudo pretende estabelecer um diálogo com a canônica historiográfica vigente; acerca das relações entre a comunidade judaica carioca e; assim; indaga-se acerca do quando e do por quê a questão “anti-semitismo” tornou-se central para a produção historiográfica que lidou com a presença judaica no Brasil. Para tal esforço; recorreu-se ao exame de um estudo de caso: o movimento sionista e; mais precisamente; a fundação do movimento juvenil sionista socialista Hashomer Hatzair dentro deste movimento mais amplo no Rio de Janeiro. Este étude de cas permite perceber a mobilidade social e política experimentada pela comunidade judaica nos anos 1940; o que destoa; portanto; das teses que reiteram o ambiente de exacerbado anti-semitismo que constituiria as décadas de 1930 e 1940 no; então; Distrito Federal. Com isso; pretende-se examinar o discurso historiográfico que instituiu tal canônica; associando suas conclusões a uma íntima relação entre a memória comunitária (e a identidade social por ela constituída) e a operação e a operação por trás da escrita da História.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFRJ/HISTÓRIA SOCIAL
  • Área de Conhecimento: HISTÓRIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2008
  • Tamanho: 3.75 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: