Transferências Federais Ao Piauí: Muito Benefício E Pouco Resultado? – Cleber Ferreira Nunes Leite

Transferências Federais Ao Piauí: Muito Benefício E Pouco Resultado? – Cleber Ferreira Nunes Leite
Acessar

Resumo:

O presente estudo verificou a relação entre as transferências federais feitas ao Piauí no ano de 1998 a 2004 e a dinâmica econômica medida pelo PIB a preço de mercado corrente. Primeiramente, realizou-se uma análise histórica da economia piauiense, depois foram identificadas as principais transferências federais, destacando-se a previdência social rural, bem como, a situação financeira do Estado no ano de 2005 e a variação do seu produto interno bruto ao longo dos anos, para em seguida verificar se se aplica ao modelo de Ho (2003) que estabelece relação entre a taxa de crescimento do produto de determinada região e as transferências federais para esta mesma região. No lapso temporal utilizado o comportamento gráfico da variação acumulada do produto, acompanha a variação acumulada das transferências federais, indicando a existência dessa relação. Verificou-se também, que o Piauí do ponto de vista do PIB é um dos estados mais beneficiados do Brasil com essas transferências e que a previdência é uma fator de redistribuição de outras regiões para o Piauí.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: FUFPI/POLÍTICAS PÚBLICAS
  • Área de Conhecimento: POLÍTICAS PÚBLICAS
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2007
  • Tamanho: 1.25 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: