Transferência De Elementos Maiores, Traços E Elementos Das Terras Raras No Sistema Fertilizante – Solo – Água Subterrânea Em Sedimentos Quaternários Da Região De Águas Claras, Município De Viamão, Rs – Tiago De Vargas

Transferência De Elementos Maiores, Traços E Elementos Das Terras Raras No Sistema Fertilizante – Solo – Água Subterrânea Em Sedimentos Quaternários Da Região De Águas Claras, Município De Viamão, Rs – Tiago De Vargas
Acessar

Resumo:

O estudo desenvolveu-se em área de plantação de arroz na região de Águas Claras; Município de Viamão; caracterizada por depósitos arenosos quaternários inconsolidados inseridos no Sistema Laguna-Barreira da Planície Costeira do Rio Grande do Sul. O trabalho teve por objetivo avaliar o impacto do uso intensivo de fertilizantes NPK nos solos e na água do aqüífero livre; verificando a transferência de elementos primários (macro nutrientes); micronutrientes; metais; metalóides e outros elementos-traço (inclusive Elementos Terras Raras) no perfil. Foram coletadas amostras de fertilizante aplicado na área; solos e água em duas áreas fertilizadas e uma não fertilizada (background); realizando-se análises de parâmetros físico-químicos de águas in-loco; análises de difratometria de Raios-X e CTC; e análises multi-elementares com ICP-MS. A coleta de amostras de água foi realizada através de dois poços de monitoramento em três tempos distintos; 6 meses pós-fertilização; duas semanas pré-fertilização e três semanas pós-fertilização. Os solos coletados são classificados como arenosos; contudo; observou-se presença significativa de argila em um perfil. A difração de raios-X identificou presença dos argilominerais ilita e caolinita nas amostras com conteúdo de argila mais elevado. Análises de capacidade de troca de cátions revelaram resultados entre 4;86 e 17;9 cmol/dm3. A condutividade hidráulica do aqüífero freático; registrada através do Teste de Slug resultou em 1;168×10-4 cm/s para o solo do poço com presença maior de argila. No levantamento dos parâmetros de campo observou-se; em quase a totalidade das amostras; as águas possuem pH abaixo de 6 e o conteúdo de sólidos totais dissolvidos situam-se acima do permitido pela Resolução CONAMA 396/08. Os dados químicos de elementos maiores mostram que as águas classificam-se como em praticamente todas as amostras como cloretada-sódico-cálcicas; de acordo com o Diagrama Piper. A análise dos resultados demonstra que o fósforo e magnésio são em sua maior parte adsorvidos no solo; causando efeito cumulativo. Outros elementos químicos que sofreram maior enriquecimento nos solos devido à aplicação de fertilizante foram Al; As; Cd; Cs; Eu; Fe; Li; Mn; Rb; U e V. Nas análises de água detectou-se excesso de manganês; ultrapassando o limite máximo permitido pela Resolução CONAMA 396/08 0;1mg/L; tendo Ce; La e Nd entre os Elementos Terras que tiveram maior enriquecimento. Os resultados demonstram que a aplicação de fertilizantes em aqüíferos com elevada vulnerabilidade pode contaminar as águas subterrâneas; comprometendo sua potabilidade.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFRGS/GEOCIÊNCIAS
  • Área de Conhecimento: GEOCIÊNCIAS
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2010
  • Tamanho: 3.93 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: