Trajetórias Intelectuais E Construção De Identidades Em O Pantheon Maranhense (1873-1875) – Rafael Serra De Rezende

Trajetórias Intelectuais E Construção De Identidades Em O Pantheon Maranhense (1873-1875) – Rafael Serra De Rezende
Acessar

Resumo:

Este é um estudo sobre as estratégias de construção da identidade intelectual maranhense nos idos do século XIX. Esta é uma análise sobre como durante os anos finais do século XIX um conjunto de imagens criadas sobre a elite política e intelectual maranhense ganhou forma e consistência no ambiente intelectual maranhense e consolidou-se como elemento de distinção para os letrados da província do Maranhão. Esse trabalho mostra como a escrita do Pantheon Maranhense, por Antônio Henriques Leal, sendo essa obra um conjunto de ensaios biográficos sobre os homens ilustres de Maranhão, foi primordial para a consolidação de certas imagens que visavam diferenciar a cultura intelectual maranhense do conjunto da formação identitária nacional. Ainda destaco como o discurso forjado pelo Pantheon Maranhense se constituiu no cenário intelectual do Maranhão enquanto um discurso de autoridade sobre a excelência dos talentos literários locais. Mostro o Pantheon Maranhense na sua condição de constructo de seu autor para erguer a respeito da província maranhense a idéia de que o esmero literário de seus letrados e as excepcionalidades da terra tornaria a província singular no cenário do império brasileiro. Mostro a construção desse discurso , por fim, como uma estratégia de auto-afirmação e consolidação de uma imagem que deveria ser evocada pelas gerações vindouras como parte de sua identidade.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFRJ/HISTÓRIA SOCIAL
  • Área de Conhecimento: HISTÓRIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2010
  • Tamanho: 867.98 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: