Tradução Comentada De Cartas De Byron Para E Sobre Madame De Staël – Fabiana Regina Da Silva Soares

Tradução Comentada De Cartas De Byron Para E Sobre Madame De Staël – Fabiana Regina Da Silva Soares
Acessar

Resumo:

A presente pesquisa, vinculada à linha da “Teoria, crítica e história da tradução” apresenta a tradução comentada para o português de uma seleção de cartas em língua inglesa escritas por Byron para Madame de Staël ou endereçadas a terceiros, porém com referência a ela. O corpus, selecionado pela amostragem intencional, é composto de 26 cartas e constitui material ainda sem tradução em língua portuguesa, o que, somado à relevância dos dois autores para a história e para a literatura, justifica sua escolha para esta pesquisa. O processo tradutório foi norteado pelos conceitos de tradução da letra, projeto de tradução, horizonte tradutório e posição tradutória, conforme proposta de Berman (1995 e 2007). Com base nesses conceitos, objetivou-se (1) realizar uma tradução em que preponderasse o respeito à letra do texto original, com a manutenção das marcas estilísticas do autor e (2) verificar a aplicabilidade dos conceitos de projeto de tradução, posição tradutória e horizonte tradutório no processo de tradução. O corpus da pesquisa foi submetido a um trajeto da tradução semelhante ao aplicado por Berman (1995) para a análise de textos traduzidos. Estabeleceu-se, então, um projeto de tradução em que preponderasse o respeito à letra do texto original, identificou- se o horizonte tradutório atual como marcado por traduções em que se privilegia o sentido do texto e definiu-se a posição tradutória a ser adotada na presente pesquisa como contrária a essa tendência aclimatadora. Os resultados indicam que é possível produzir traduções que respeitem a letra do texto original, evidenciando sua estrangeiridade. Entretanto, algumas marcas estilísticas presentes no texto original não puderam ser mantidas na tradução, em função da diferença entre os dois sistemas linguísticos. Ainda, a aplicação do trinômio projeto, posição e horizonte tradutório possibilitou a explicitação dos critérios adotados no processo tradutório, fundamentando as escolhas feitas e servindo como base para a crítica da tradução e para a autocrítica do tradutor.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFSC/ESTUDOS DA TRADUÇÃO
  • Área de Conhecimento: LETRAS
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2010
  • Tamanho: 781.19 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: