Toponímia, Lugar E Paisagem: Disputas Entre Permanência E Mudança Em Guaratiba – Alice Ferreira Rodrigues Dias

Toponímia, Lugar E Paisagem: Disputas Entre Permanência E Mudança Em Guaratiba – Alice Ferreira Rodrigues Dias
Acessar

Resumo:

Buscando ampliar a literatura atual sobre o ato de nomeação de ruas como prática comemorativa relacionada com a construção de lugares e territórios e contribuir com o esforço em pensar a questão do consenso e do conflito dentro dessa temática, nosso objetivo central foi avaliar o significado das alterações toponímicas ocorridas na Ilha de Guaratiba para seus moradores, sejam novos ou antigos, fixos ou de final de semana e todos os outros atores envolvidos por meio da observação participativa. Ilha de Guaratiba é um fragmento interno ao bairro Guaratiba, localizado na Zona Oeste da Cidade do Rio de Janeiro. Ainda considerada um dos últimos rincões agrícolas da cidade, a beleza natural atribuída ao local pelos amantes “do verde” foi responsável por trazer moradores de diversas partes da cidade, inclusive de bairros nobres do Rio de Janeiro, a escolher a Ilha de Guaratiba (área periurbana) por local de moradia a partir da década de 1970. Os primeiros outsiders a se instalar, entre as décadas de 1970 e 80, ocuparam sítios e, os seguintes, a partir da década de 1990, recém lançados condomínios fechados. A construção desses condomínios e posterior decreto da prefeitura propondo transformar a Ilha num bairro de classe média projetaram a possibilidade de um futuro não cogitado até então, gerando uma série de sentimentos e ações conflitantes entre os primeiros outsiders e antigos moradores ainda ligados ou não à agricultura. Cada ator social/político vem utilizando em defesa de seus valores e consequentes necessidades as “armas” que tem em mãos tendo em vista suas diferentes trajetórias sociais. Concluímos que o conflito toponímico, ou entre estabelecidos e outsiders provém do receio da perda do lugar, e que esse receio é conseqüência da entrada de grupos oriundos de áreas de urbanização antiga que trazem um conjunto de valores muito diferentes dessa população de origem rural, rompendo com referências espaciais e redes de parentesco e amizade.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFRJ/GEOGRAFIA
  • Área de Conhecimento: GEOCIÊNCIAS
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2010
  • Tamanho: 4.20 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: