Thomas Willis E O De Anima Brutorum: Uma Concepção Da Mente Humana E Animal – David Monducci

Thomas Willis E O De Anima Brutorum: Uma Concepção Da Mente Humana E Animal – David Monducci
Acessar

Resumo:

Essa monografia apresenta a concepção de alma do médico e filósofo natural seiscentista Thomas Willis (1621-1675) na sua obra intitulada De Anima Brutorum. Trilhando o caminho da investigação anatômica e da experimentação, Willis desenvolveu uma concepção da alma em moldes dualistas cartesianos, propondo que o homem é composto por uma alma corporal e por uma alma racional. A alma corporal, que é inferior e compartilhada com os animais, corresponde a res extensa cartesiana, é material e divisível e resume-se ao corpo físico e à sua fisiologia. Essa alma será composta por uma parte vital, radicada no sangue e responsável pela vivificação do corpo, e uma parte sensitiva, radicada no cérebro e controlada pela ação dos espíritos animais, concedendo ao corpo a sensibilidade e os comportamentos em geral. A alma racional é exclusivamente humana, imaterial e imortal, corresponde a res cogitans da concepção cartesiana, sendo caracterizada pelos pensamentos metafísicos, pelo julgamento e pela construção da ciência e das artes.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: USJT/FILOSOFIA
  • Área de Conhecimento: FILOSOFIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2010
  • Tamanho: 1.05 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: