Textos Paradidáticos E O Ensino De Física: Uma Análise Das Ações Do Professor No Âmbito Da Sala De Aula – Alysson Cristiano Beneti

Textos Paradidáticos E O Ensino De Física: Uma Análise Das Ações Do Professor No Âmbito Da Sala De Aula – Alysson Cristiano Beneti
Acessar

Resumo:

Algumas pesquisas em ensino de Física têm apontado a importância da utilização de textos paradidáticos; no processo de aprendizagem; como um recurso que pode contribuir para viabilizar um espaço de diálogo em sala de aula; possibilitando interações e; consequentemente; corroborando para a construção coletiva de conhecimentos. Nesta vertente; o papel do professor é fundamental; tendo em vista que será por intermédio da sua mediação que os diferentes conhecimentos; estudados no cotidiano da sala de aula; se desencadearão e se estruturarão. Desta forma; a presente pesquisa investigou as características das ações manifestadas por um professor de Física; ao utilizar; particularmente; um capítulo de um específico texto paradidático; no contexto da sala de aula; identificando possíveis avanços e apropriações de conhecimento por parte dos alunos de uma turma de ensino de jovens e adultos (EJA). A pesquisa é um estudo de caso e as transcrições das aulas foram obtidas através de gravações em vídeo. Foi utilizada a categorização da análise da enunciação; defendida por Bardin; para identificar elementos referentes ao perfil do discurso do professor e; de posse deste perfil; foi empregada a categorização; proposta por Penick; visando a verificação relacionada ao nível hierárquico de alfabetização científica assumida pelos alunos. Os conhecimentos específicos; particularmente presentes durante a utilização do texto; envolviam velocidade; gravitação; força; impulso; pressão; radiação; massa e teoria do Big Bang. Verificou-se que o texto; da maneira como foi empregado pelo professor; foi motivador para o aprendizado e; potencialmente significativo para o aumento do interesse dos alunos nas aulas de Física; tendo sido observados casos de avanços de nível de alfabetização científica; principalmente com relação aos conceitos de campo gravitacional; aceleração gravitacional e sua dependência em relação às massas dos corpos que interagem; bem como a diferenciação entre os conceitos de massa e peso. Buscando caracterizar o discurso do professor; identificou-se ser predominantemente “controlado”; se empenhando na constante busca em direcionar as discussões durante as aulas; mantendo em discussão os temas planejados; procurando formular questões que despertassem a curiosidade; socializando o conhecimento; respeitando a diversidade de opiniões; relacionando conceitos físicos com o cotidiano; retomando e sistematizando conceitos reincidentes.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UNESP/BAU/EDUCAÇÃO PARA A CIÊNCIA
  • Área de Conhecimento: Área Não Informada
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2008
  • Tamanho: 1.69 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: