Teste Hipocrático Do Óleo Essencial De Citronela (Cymbopogon Sp. Spreng, 1815) E Avaliação In Vitro Do Efeito Larvicida Do Geraniol E Citronelal Sobre Contracaecum Sp. Railliet & Henry, 1912 […] – Andreia Rizzieri Yamanaka

Teste Hipocrático Do Óleo Essencial De Citronela (Cymbopogon Sp. Spreng, 1815) E Avaliação In Vitro Do Efeito Larvicida Do Geraniol E Citronelal Sobre Contracaecum Sp. Railliet & Henry, 1912 […] – Andreia Rizzieri Yamanaka
Acessar

Resumo:

A infecção do homem com parasitos de peixes pode ocorrer a partir da ingestão do pescado cru ou mal cozido, promovendo a ocorrência de doenças parasitárias entre as quais destaca-se a anisaquiose que é causada por parasitos da família Anisakidae. No Brasil há uma ocorrência maior do gênero Contracaecum, no entanto nenhum caso humano ainda foi relataado para essa parasitose, provavelmente pela falta de diagnóstico adequado e não pela ausência da doença no país. Devido ao crescente uso de plantas medicinais e compostos monoterpênicos no controle parasitário, objetivou-se avaliar o efeito larvicida in vitro de dois compostos monoterpênicos, o giraniol e o citronelal sobre Contracaecum sp. e o possível efeito tóxico do óleo essencial de citronela (Cymbopogon sp.) em camundongos (Mus musculus) através do teste de toxicidade aguda, visto que esse óleo tem como principais constituintes compostos monoterpêncos. Foram utilizadas quatrocentas larvas vivas de Contracaecum sp. obtidas de traíras (Hoplias malabaricus, Bloch, 1794) mantidas em placas de petri com os compostos a serem testados (geraniol e citronelal). As concentrações finais testadas, para cada composto, foram de 250, 125, 62,5 e 31,2 ug/ml e a avaliação realizada em cinco tempos diferentes (2, 4, 8, 24 e 48 horas). As larvas mortas foram processadas e avaliadas histopatologicamente. O teste de toxicidade aguda (teste hipocrático), foi realizado com doze camundongos e estes foram submetidos a gavagem orogástrica com óleo essencial de citronela nas seguintes doses: 3033,33mg/kg, 1516,66mg/kg, 758,33mg/kg, além do grupo controle que recebeu óleo vegetal. Foram observados os efeitos comportamentais resultantes de possíveis ações estimulantes ou depressora do Sistema Nervoso Central e ao final do teste os animais foram sacrificados e seus órgãos submetidos a exame histopatológico. A ação larvicida do geraniol, nas concentrações de 205 ug/ml e 31,2 ug/ml e do citronelal, nas concentrações de 250 ug/ml, 125 ug/ml e 62,5 ug/ml, apresentou diferença estatisticamente significante (p<0,005) quando comparada ao controle (etanol 1%). Quando comparou-se a ação larvicida do geraniol em relação ao citronelal, o primeiro apresentou diferença estatisticamente significante (p<0,05) ao segundo nas concentrações de 250ug/ml e 31,2 ug/ml. Por outro lado o citronela apresentou diferença estatisticamente significante (p<0,005) ao geraniol nas concentrações de 125ug/ml e 62,5ug/ml. A equação estimada da taxa de mortalidade das larvas em função do tempo (horas), mostrou maior ação larvicida do geraniol com o passar do tempo na concentração de 250ug/ml. O dano histológico observado nas larvas submetidas ao geraniol foi o deslocamento cuticular. Nas larvas submetidas ao citronelal foi observado ruptura cuticular e ductos excretores entumecidos. Dos camundongos submetidos ao teste hipocrático apenas um, que recebeu a dose de 3033,33mg/kg, apresentou aumento de motilidade e não houve nenhuma morte no final dos 14 dias. O exame histopatológico não mostrou alterações nos órgãos examinados. Os compostos monoterpênicos apresentaram ação larvicida in vitro sobre Contracaecum sp. e isto sugere que o uso do óleo essencial de citronela é eficaz para tratamento de anisaquiose, pois o mesmo não apresenta toxicidade aguda, porém análises in vivo e determinação do mecanismo de ação do geraniol e citronelal ainda devem ser investigados.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFMT/CIÊNCIAS DA SAÚDE
  • Área de Conhecimento: MEDICINA VETERINÁRIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2008
  • Tamanho: 805.18 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: