Terror De Estado: Uma Crítica À Perspectiva Excepcionalista – Tiago Eli De Lima Passos

Terror De Estado: Uma Crítica À Perspectiva Excepcionalista – Tiago Eli De Lima Passos
Acessar

Resumo:

Este trabalho questiona o discurso que explica a violência das polícias brasileiras; na pós-redemocratização; em termos de sobrevivências ou resíduos anacrônicos herdados da ditadura militar (1964-1985). Para tanto; faço a crítica das ciências sociais e da academia brasileira; que concorreram para silenciar o fato do terrorismo de Estado racista e classista sistematicamente imposto às classes subalternas ter; na verdade; uma história de 200 anos; em que o arbítrio e a truculência jamais cessaram. Tento mostrar como; e explicar por que; a academia brasileira somente deu importância ao terror do Estado quando as forças policiais passaram a torturar e matar as camadas médias brancas politicamente radicalizadas. Faço; assim; a crítica da perspectiva que se pode chamar de excepcionalista.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UNB/ANTROPOLOGIA
  • Área de Conhecimento: ANTROPOLOGIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2008
  • Tamanho: 900.89 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: