Sobre Índios E Ossos. Estudo De Três Sítios De Estruturas Anelares Construídos Para Enterramento Por Populações Que Habitavam O Vale Do Rio Pelotas No Período Pré-Contato – Leticia Morgana Muller

Sobre Índios E Ossos. Estudo De Três Sítios De Estruturas Anelares Construídos Para Enterramento Por Populações Que Habitavam O Vale Do Rio Pelotas No Período Pré-Contato – Leticia Morgana Muller
Acessar

Resumo:

Desde a década de 1960 pesquisas arqueológicas registram sítios de estruturas de terra em alto relevo no planalto dos Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul; seja na forma de montículos ou montículos circundados por taipas de terra. Estas estruturas foram sempre associadas a enterramento; mesmo quando não foram encontrados ossos nas escavações. Apenas em 2002 os primeiros sepultamentos foram encontrados; cremados; o que exigiu novas propostas de estudos; principalmente no que se refere à identificação étnica. O estudo de ossos cremados na arqueologia também é recente; principalmente no que tange a arqueologia brasileira; datando de pouco mais de 20 anos. O objetivo deste trabalho foi identificar como se deu o sepultamento em três estruturas anelares localizadas no Município de Anita Garibaldi; SC (SC-AG-98; SC-AG-100 e SC-AG-108); através da análise dos remanescentes ósseos cremados e discutir; com os dados etnográficos existentes para grupos da encosta e planalto; a questão de atribuição étnica.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: PUC/RS/HISTÓRIA
  • Área de Conhecimento: HISTÓRIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2008
  • Tamanho: 4.97 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: