Sobre Crônicas, Cronicas E Cidade: Rio De Janeiro Nas Crônicas De Lima Barreto E Olavo Bilac – 1900-1920 – Radamés Vieira Nunes

Sobre Crônicas, Cronicas E Cidade: Rio De Janeiro Nas Crônicas De Lima Barreto E Olavo Bilac – 1900-1920 – Radamés Vieira Nunes
Acessar

Resumo:

Este trabalho tem como objetivo principal pensar; a partir dos cronistas Olavo Bilac e Lima Barreto; as concepções de cidade criadas em torno do Rio de Janeiro; que circulavam nas folhas cotidianas da imprensa; através das crônicas; durante as duas primeiras décadas do século XX. Nessa perspectiva; cruzando as leituras e interpretações para perceber a complexidade das posições e os projetos na Capital Federal; intentamos perscrutar pela literatura de crônica; as transformações no campo de atuação dos cronistas; a construção simbólica do espaço urbano como civilizado e moderno; e o papel ativo exercido pela imprensa nesse debate; em sintonia com o cotidiano e as questões em voga. Olavo Bilac e Lima Barreto deixaram; nas crônicas; suas visões sobre um período efervescente da vida carioca; transformaram em texto escrito uma complexa trama de tensões e relações sociais. As crônicas de Lima Barreto e Olavo Bilac revelam forças em luta; projetos conflitantes; projetos vencedores e projetos vencidos; sonhos concretizados e sonhos adiados; aquilo que foi planejado; mas não saiu do papel; o que foi e o que poderia ter sido; desejos; crenças e as relações sociais a partir das quais os cronistas construíram suas experiências vividas. Lima Barreto e Olavo Bilac trataram a cidade e suas transformações cada uma a seu modo; criando; nas folhas da imprensa; a partir da cidade física; cidades desejadas: cidadecapital desejada que remetia também ao que Bilac e Barreto vislumbravam para o Brasil.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFU/HISTÓRIA
  • Área de Conhecimento: HISTÓRIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2008
  • Tamanho: 28.63 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: