Soberania E Governança Ambiental Na Amazônia Sul-Ocidental: Um Olhar Sobre A Iniciativa Map – Israel Pereira Dias De Souza

Soberania E Governança Ambiental Na Amazônia Sul-Ocidental: Um Olhar Sobre A Iniciativa Map – Israel Pereira Dias De Souza
Acessar

Resumo:

No processo de reformas do Estado; a sociedade política é satanizada e obrigada a abrir-se à participação da sociedade civil. Esta; supostamente esterilizada em relação aos interesses e conflitos de classes e nacionais; passa a ter maior protagonismo e participação na formulação de políticas e estratégias de desenvolvimento. Isso é o que em linhas gerais os agentes neoliberais chamam de governança; idéia fundada sobremaneira numa desconfiança/hostilidade para com a sociedade política e num certo deslumbramento para com a sociedade civil. Na Amazônia; esse processo apresentouse concomitantemente à construção de um consenso em torno da questão ambiental e do desenvolvimento sustentável e da proposição da governança ambiental no sentido de alcançá-lo. Por isso; alguns autores chegarão a respaldar a sociedade civil não só para cuidar da questão ambiental; mas ainda da soberania. Assim; o objetivo deste trabalho é analisar como funciona a articulação da sociedade civil que atua sob a égide da governança ambiental numa parte específica da Amazônia Sul – Ocidental; denominada por alguns como Região MAP (Madre de Diós/Peru; Acre/Brasil e Pando/Bolívia). Neste sentido; tomamos como referência a Iniciativa MAP; buscando apreender suas implicações para a soberania dos Estados/sociedades da região sobre seus territórios e recursos naturais.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFAC/DESENVOLVIMENTO REGIONAL
  • Área de Conhecimento: INTERDISCIPLINAR
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2007
  • Tamanho: 1.54 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: