Os Brasis De Monteiro Lobato: De Jeca Tatu Ao Desencantamento – Vanessa Balsanéllo Xavier

Os Brasis De Monteiro Lobato: De Jeca Tatu Ao Desencantamento – Vanessa Balsanéllo Xavier
Acessar

Resumo:

Esta dissertação tem por objetivo analisar como a questão do progresso foi assumindo diferentes formas a partir das três fases do personagem Jeca Tatu, de Monteiro Lobato, e ponderar sobre dois momentos da obra do escritor: a construção do Jeca Tatu e a crítica ao progresso, contida em seus últimos trabalhos. Para tal, discute-se a questão sanitária, racial, da identidade nacional até chegar ao descontentamento com relação ao progresso e à modernidade, baseados no contexto histórico da virada do século XIX para o XX, que gerou um amplo processo de mudanças, das quais o autor participou. Valendo-se da literatura do período como fonte histórica para compreender os processos de integração e interação vivenciados por Monteiro Lobato e o grupo social do qual fazia parte, utilizamos artigos da Revista do Brasil, no período que vai de 1916 a 1925, e várias obras do escritor.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFPR/HISTÓRIA
  • Área de Conhecimento: HISTÓRIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2010
  • Tamanho: 1.22 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: