O (In)Visível E O Concreto: Os Processos Grupais Na Gestão De Equipes – Magda Capellão Kaspary

O (In)Visível E O Concreto: Os Processos Grupais Na Gestão De Equipes – Magda Capellão Kaspary
Acessar

Resumo:

Esta dissertação é composta de duas seções e objetiva a compreensão dos processos grupais na gestão de equipes em ambiente organizacional privado, na intenção de dar visibilidade aos fenômenos subjetivos e objetivos que convivem no trabalho contemporâneo. Na seção I, A Caverna Platônica dos Processos Grupais na Gestão de Equipes fazemos uma discussão teórica, embasada nos pressupostos do paradigma da complexidade de Edgar Morin. Para tanto, trazemos conceitos de processos grupais e gestão de equipes e propomos reflexões sobre os fenômenos implícitos que estão presentes nas relações profissionais ao mesmo tempo em que estratégias de gestão de equipes são desenvolvidas para o atingimento de resultados organizacionais. Esta seção também conta com conceitos da Sociologia e do Pensamento Sistêmico como contextualização do tema e sugere as formas de conhecimento pela compreensão e explicação como modo de visibilidade da relação entre as dimensões objetiva e subjetiva no trabalho. Na seção II da dissertação, (In)visível e concreto, gestão de equipes enquanto processos grupais apresentamos o resultado de uma pesquisa empírica que teve como objetivo geral compreender como o tema dos processos grupais na gestão de equipes é entendido por gestores de equipes, instituições que formam coordenadores de grupo e consultores organizacionais que trabalham com desenvolvimento de equipes. Para isso, lançamos mão de algumas certezas para enfrentar as incertezas da complexidade social com o posicionamento do pensamento complexo e o tríptico: dialógica, hologramática e recursão organizacional. Para compreensão dos dados utilizamos a estratégia da Análise Textual Discursiva para avançar no método da pesquisa social complexa. Os resultados da pesquisa indicam para (I) o ambiente organizacional e a gestão de equipes enquanto espaços de resultados objetivos e experiência de vida, em que (II) gestores cuidam de processos grupais e gestão de equipes mais embasados em sua história/intuição do que preparo formal para tal e que há espaço para (III) compreender a aspiração do si (autorreflexão) enquanto sujeitos do trabalho, participantes de equipes que vivem processos grupais. Estes são entendidos como capitais humanos imateriais com efeitos nas construções intra e interpessoais e carecem de maior compreensão e aceitação para que seus efeitos convirjam na direção do desenvolvimento humano, integrando as diferentes dimensões natureza-vida-trabalho que não podem ser isoladas. Incorporar à dicotomia a dialógica, à linearidade a recursão organizacional, ao uno a hologramaticidade é um caminho que possibilita expansão ao homo sapiens-demens-faber em todos os outros papéis que esse tem na vida.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: PUC/RS/PSICOLOGIA
  • Área de Conhecimento: ANTROPOLOGIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 1.44 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro O (In)Visível E O Concreto: Os pdf
  • livro O (In)Visível E O Concreto: Os baixar
  • livro O (In)Visível E O Concreto: Os epub
  • livro O (In)Visível E O Concreto: Os comprar
  • livro O (In)Visível E O Concreto: Os online
  • livro O (In)Visível E O Concreto: Os mobi
  • livro O (In)Visível E O Concreto: Os download