Investigação Epidemiológica E Molecular Da Infecção Pelo Vírus Da Hepatite C Em Usuários De Drogas Ilícitas No Brasil Central – Carmen Luci Rodrigues Lopes

Teses e dissertações PDF
Acessar

Resumo:

A infecção pelo vírus da hepatite C (HCV) é um importante problema de saúde pública. Os usuários de drogas (UD) constituem um grupo com freqüente exposição ao HCV e; pouco se conhece sobre essa infecção em UD no Brasil. Este estudo teve como objetivo investigar o perfil soroepidemiológico e molecular da infecção pelo HCV em usuários de drogas ilícitas no Brasil Central. Um total de 691 UD; sendo 102 injetáveis (UDI) e 589 não injetáveis (UDNI); foi entrevistado e amostras sanguíneas coletadas em 26 centros de tratamento de uso de drogas situados em Campo Grande-MS e Goiânia-Go. As amostras sanguíneas (soros) foram testadas para a detecção de anticorpos para o HCV (anti-HCV). As amostras anti-HCV positivas foram submetidas à detecção do RNA-HCV pelareação em cadeia da polimerase (PCR) com iniciadores complementares às regiões 5’ NC e NS5B do genoma viral e; genotipadas pelo LPA e por sequenciamento direto; seguido de análise filogenética; respectivamente. A prevalência para anti-HCV foi 6;9% (IC 95%: 5;2-9;2). A população estudada apresentou conhecimento limitado sobre as formas de transmissão parenteral (20;8-30;5%); sexual (31;7%) e vertical (20%) do HCV. A análise multivariada de fatores de risco revelou que idade > 40 anos; via (injetável) e tempo de uso de dorgas; transfusão de sangue e positividade para o marcador anti-HBc (anticorpo para o antígeno core do vírus da hepatite B) foram associados à infecção pelo HCV. O RNA viral foi detectado em 85;4% das amostras anti-HCV positivas. Trinta e três amostras foram do genótipo 1 pelo LiPA; subtipos 1ª (63;4%) e 1b (17;1%); e oito (19;5%) do genótipo 3; subtipo 3ª. A análise filogenética da região NS5B mostrou que 17 (68%); 5 (20%) e 3 (12%) amostras foram dos subtipos 1ª; 3ª e 1b; respectivamente. Este estudo mostra uma prevalência elevada da infecção do subtipo 1ª do HCV em usuários de drogas no Brasil Central; bem como o uso injetável de drogas principal fator de risco para essa infecção. Além disso; evidenciou conhecimento limitado da população estudada sobre as formas de transmissão do HCV. Assim; medidas preventivas são necessárias para o controle dessa infecção em usuários de drogas ilícitas.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFG/MEDICINA TROPICAL
  • Área de Conhecimento: MICROBIOLOGIA
  • Nível: Doutorado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 1.91 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro Investigação Epidemiológica E Molecular Da Infecção pdf
  • livro Investigação Epidemiológica E Molecular Da Infecção baixar
  • livro Investigação Epidemiológica E Molecular Da Infecção epub
  • livro Investigação Epidemiológica E Molecular Da Infecção comprar
  • livro Investigação Epidemiológica E Molecular Da Infecção online
  • livro Investigação Epidemiológica E Molecular Da Infecção mobi
  • livro Investigação Epidemiológica E Molecular Da Infecção download