Investigação Do Potencial Alelopático De Pittosporum Undulatum Vent. – Fernando Bertol Carpanezzi

Teses e dissertações PDF
Acessar

Resumo:

A árvore australiana Pittosporum undulatum Vent. (Pittosporaceae) é encontrada diminuindo o recrutamento de espécies nativas em formações secundárias de Floresta Ombrófila Mista no sul do Brasil. O objetivo do primeiro capítulo desse estudo foi verificar a ação alelopática da espécie no processo invasivo; investigando a sensibilidade de sementes e plântulas de Bauhinia forficata Link. (pata-de-vaca) à compostos foliares de pau-incenso. Foram preparados extratos aquosos lixiviados nas concentrações de 20%; 15%; 10% e 5% (m/v); extratos aquosos obtidos do pó de folhas lixiviadas (10%; 7;5%; 5% e 2;5% ) e soluções de cumarina a 2;5 mM; 1;25 mM; 0;625 mM e 0;3125 mM. Bioensaios em placas de Petri; com contagens realizadas a cada 12 horas; permitiram determinar a germinabilidade e velocidade de germinação; soluções de polietileno glicol (PEG 6000) foram preparadas para analisar os efeitos osmóticos. Nos bioensaios de crescimento; utilizaram-se as três concentrações mais elevadas de cada solução; sendo; após sete dias; medidos o comprimento radicular e de parte aérea. Enquanto a germinabilidade mostrou-se sensível apenas aos extratos de pó de folhas; a velocidade de germinação apresentou resposta dose-dependente para todas as soluções testadas. Quanto ao crescimento; a radícula foi a estrutura mais sensível aos efeitos alelopáticos; sendo observadas alterações morfo-anatômicas. No segundo capitulo; objetivou-se investigar o uso de material foliar de pau-incenso como alternativa ao manejo do capim-arroz; uma gramínea resistente a herbicidas que traz problemas a plantações de arroz e à biodiversidade de planícies úmidas em todo o mundo. Foram preparados extratos aquosos foliares lixiviados nas concentrações de 20%; 15%; 10%; 5% e 2;5% (m/v); extratos aquosos obtidos do pó de folhas lixiviadas e não-lixiviadas (10%; 7;5%; 5%; 2;5% e 1;25%); soluções de cumarina a 5mM; 2;5 mM; 1;25 mM; 0;625 mM e 0;3125 mM e solução de Roundup® Original seguindo as recomendações do fabricante. Soluções de PEG também foram utilizadas. Para bioensaios de germinação; as contagens foram realizadas a cada 12 horas; sendo determinadas as porcentagens e velocidades germinativas; para o crescimento; plântulas de sete dias submetidas aos compostos tiveram medidos seus comprimentos de radícula e parte aérea. A germinação; apesar de fortemente inibida pela cumarina; foi pouco sensível às demais soluções. Quanto ao crescimento; as radículas analisadas apresentaram necrose; ausência de pêlos e redução dose-dependente do comprimento para todos os tratamentos com exceção do controle. Os hipocótilos foram afetados pelo composto fenólico; glifosato e extratos aquosos de folhas não-lixiviadas. Apesar da ação alelopática; aspectos ecofisiológicos relativos ao pau-incenso ainda devem ser esclarecidos para que suas folhas possam ser usadas como herbicida.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFSCAR/ECOLOGIA E RECURSOS NATURAIS
  • Área de Conhecimento: ECOLOGIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 1.77 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro Investigação Do Potencial Alelopático De Pittosporum pdf
  • livro Investigação Do Potencial Alelopático De Pittosporum baixar
  • livro Investigação Do Potencial Alelopático De Pittosporum epub
  • livro Investigação Do Potencial Alelopático De Pittosporum comprar
  • livro Investigação Do Potencial Alelopático De Pittosporum online
  • livro Investigação Do Potencial Alelopático De Pittosporum mobi
  • livro Investigação Do Potencial Alelopático De Pittosporum download