Interação Professor-Alunos: Preferência Por Autonomia Ou Controle – Amélia Carolina Terra Alves Machado

Teses e dissertações PDF
Acessar

Resumo:

A motivação é um tema relevante para a compreensão acerca do envolvimento dos estudantes com as atividades de aprendizagem no contexto escolar. A Teoria da Autodeterminação propõe que os seres humanos são agentes orientados para o crescimento, naturalmente inclinados para a integração de seus elementos físicos em um senso unificado de self e capazes de se encaixarem em uma estrutura social. Nesta perspectiva, o estilo motivacional do professor é uma orientação de personalidade, passível de influências sócio-ambientais, que pode ser representado por um continuum de autodeterminação. No ponto inicial do continuum tem-se um estilo Alto Controlador, passando por dois estilos entre controle e autonomia, e finalizando em um estilo Alto Promotor de Autonomia. Os diferentes tipos de interação entre o professor e seus alunos levariam a tipos qualitativamente diferenciados de motivação dos estudantes em relação à aprendizagem escolar. Baseado nessa teoria, o presente trabalho teve o objetivo de analisar os tipos de interação que emergem entre o professor e seus alunos. A seleção dos participantes ocorreu por meio da aplicação de um instrumento de autorelato chamado “Problemas na Escola”, que avalia quatro estilos motivacionais: alto promotor de autonomia (AA), moderado promotor de autonomia (MA), moderado controlador (MC) e alto controlador (AC). Pare este estudo, foi selecionado um professor com estilo motivacional orientado para a promoção de autonomia e outro com orientação mais controladora. O procedimento seguinte foi a realização de sete sessões de observação, com o registro feito por duas pesquisadoras, que resultou na construção de um protocolo contendo categorias de interações que se caracterizavam como controladoras ou promotoras de autonomia. Este protocolo foi posteriormente utilizado para verificar a frequência de interações controladoras ou promotoras de autonomia em mais sete sessões de observação de aulas dos dois professores. Os resultados apontaram que, apesar de terem sido descobertas diferenças entre os desempenhos dos dois educadores quanto ao estilo motivacional, avaliado pelo “Problemas nas Escolas”, ambos utilizaram em sala de aula interações que prevalentemente se caracterizam como controladoras. As implicações educacionais dos resultados foram analisadas.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UEL/EDUCAÇÃO
  • Área de Conhecimento: EDUCAÇÃO
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 766.26 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF:

Recomendamos para você

Abaixo você vai encontrar uma lista de livros que na nossa opinião podem ser interessantes para você.

São itens relacionados a esta oferta que você provavelmente vai gostar. Dá uma olhada! 👌

Termos relacionados

  • livro Interação Professor-Alunos: Preferência Por Autonomia Ou pdf
  • livro Interação Professor-Alunos: Preferência Por Autonomia Ou baixar
  • livro Interação Professor-Alunos: Preferência Por Autonomia Ou epub
  • livro Interação Professor-Alunos: Preferência Por Autonomia Ou comprar
  • livro Interação Professor-Alunos: Preferência Por Autonomia Ou online
  • livro Interação Professor-Alunos: Preferência Por Autonomia Ou mobi
  • livro Interação Professor-Alunos: Preferência Por Autonomia Ou download