Estudo Da Expressão E Características Bioquímicas Das Ectonucleotidases Em Cultura De Células Acinares De Glândula Salivares – Sandra Liana Henz

Estudo Da Expressão E Características Bioquímicas Das Ectonucleotidases Em Cultura De Células Acinares De Glândula Salivares – Sandra Liana Henz
Acessar

Resumo:

Os nucleotídeos da adenina são moléculas sinalizadoras no meio extracelular e estão envolvidas em importantes condições fisiológicas e patológicas. O papel do ATP como um mediador extracelular e neurotransmissor têm sido descrito em vários sistemas, inclusive na glândula salivar. Nas glândulas salivares; o ATP é liberado juntamente com acetilcolina e noradrenalina a partir do sistema de inervação da glândula. Esse ATP atua sobre os receptores P2X4; P2X7; P2Y1 e P2Y2; regulando importantes processos secretórios. Os eventos induzidos pelos nucleotídeos extracelulares são controlados pelas ectonucleotidases; que incluem membros da família das ecto-nucleosídeo trifosfato difosfoidrolases (E-NTPDases); ecto-nucleotídeo pirofosfatase/fosfodiesterases (E-NPPs) e ecto-5’-nucleotidase (ecto-5’N). Assim; no presente estudo nós investigamos a presença dessas ectonucleotidases nas células acinares da glândula submandibular. A presença de uma E-NTPDase e uma ecto-5′-nucleotidase foi identificada com as seguintes propriedades bioquímicas para a hidrólise de ATP; ADP e AMP: pH ótimo entre 6;5-8;0; requerimento de cátions divalentes (Ca2+ e Mg2+) e valores de Kmapp na faixa de micromolar. As células acinares das glândulas salivares também foram capazes de hidrolisar o p-Nph-5´-TMP; sugerindo a presença de uma E-NPP. A enzima descrita nesse estudo é dependente de cátions metálicos divalentes (Ca+2 e Mg+2); sendo que a hidrólise do p-Nph-5´-TMP foi máxima na presença de níveis basais de cátions e em pH entre 8;5 e 9;0. Também se analisou o efeito de vários compostos sobre a hidrólise do ATP; ADP e p-Nph-5´-TMP e verificou-se que a VII azida sódica; inibidor de várias NTPDases; inibiu a hidrólise do ATP e do ADP; e não teve efeito sobre o p-Nph-5´-TMP.A ouabaína e o NEM; inibidores clássicos de ATPases; não afetaram significativamente a hidrólise de ATP; ADP e p-Nph-5´- TMP; já o AMP; inibiu a hidrólise do p-Nph-5´-TMP. Esses resultados sugerem a co-existência de diferentes ectonucleotidases nas células acinares; que estão relacionadas com a hidrólise dos nucleotídeos e que podem atuar em diferentes situações. Também avaliamos o efeito de fármacos antidepressivos na atividade e expressão das enzimas envolvidas na hidrólise dos nucleotídeos. Em relação à atividade enzimática; observamos que a fluoxetina induziu um aumento na hidrólise de ATP e ADP e o moclobemide e a imipramina induziram um aumento significativo na hidrólise de todos os nucleotídeos (ATP; ADP e AMP). A expressão relativa da NTPDase1-3 aumentou e da ecto-5´-nucleotidase diminuiu com a imipramina. A fluoxetina aumentou a expressão relativa da NTPDase3 e ecto-5´-nucleotidase e inibiu a expressão relativa da NTPDase2. O moclobemide aumentou a expressão relativa de todas as enzimas. Em relação à atividade enzimática da NPP; os tratamentos com imipramina; fluoxetina e moclobemide levaram a um aumento significativo dessa atividade; enquanto as expressões relativas das NPP-1; NPP-2 e NPP-3 não apresentaram alteração. A presença de ectonucleotidases modulando os níveis dos nucleotídeos nas células acinares é importante tendo em vista o papel do ATP nos mecanismos de secreção salivar.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFRGS/CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (BIOQUÍMICA)
  • Área de Conhecimento: BIOQUÍMICA
  • Nível: Doutorado
  • Ano da Tese: 2007
  • Tamanho: 4.97 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: