Estudo Da Atividade De Fungos Endofíticos E Extratos De Piper Aduncum L. (Piperaceae) Sobre O Mycobacterium Tuberculosis – Alita Moura De Lima

Estudo Da Atividade De Fungos Endofíticos E Extratos De Piper Aduncum L. (Piperaceae) Sobre O Mycobacterium Tuberculosis – Alita Moura De Lima
Acessar

Resumo:

A tuberculose, doença infecciosa causada pelo Mycobacterium tuberculosis, está intimamente ligada às condições de vida da população. Acometendo 1/3 da população mundial ainda se mantém como um grave problema de saúde pública. Visto que o ciclo de transmissão da tuberculose envolve quase que exclusivamente o ser humano, o diagnóstico e o tratamento foram e são eleitos como alvos de controle da endemia. Para ambos os alvos novos conhecimentos precisam ser gerados, pois a demora no diagnóstico de pacientes com quantitativo reduzido de bacilos nas secreções faz com que desistam de seus diagnósticos e o tratamento atual, apesar de ser considerado eficaz, tem nos dados nacionais uma indicação de cura de apenas 72% dos novos casos da doença. Consequentemente se faz necessário à descoberta de substâncias que possam ser introduzidas nas técnicas bacteriológicas para acelerar o crescimento do M. tuberculosis e reduzir o tempo de diagnóstico, assim como pesquisar novos antagônicos ao M. tuberculosis que possam ser utilizados na terapêutica da tuberculose. Nesse sentido, o objetivo do presente trabalho foi de estudar a atividade de extratos fitoquímicos e de caldos metabólitos de fungos endofíticos obtidos de Piper aduncum L. (Piperaceae) sobre o Mycobacterium tuberculosis, visto indicativos na literatura da existência de compostos antagônicos em outras espécies do gênero Piper. Utilizando-se solventes de polaridade crescente obteve-se os extratos diclorometânicos (DCM), metanólicos (MeOH) e aquosos (H20) de caule e folhas. Para o isolamento dos fungos endofíticos de folhas e caule, utilizou-se dois tipos de inóculos, diferentes meios de cultivo acrescidos ou não de sumos vegetais e duas temperaturas de isolamento. Para a realização dos bioensaios de atividade antagônica foram utilizadas as técnicas de Microplate Alamar Blue Assay (MABA) e de espectrofotometria pelo GenQuant. Para o bioensaio de atividade acelerado de crescimento do M. tuberculosis realizou-se apenas a técnica de espectrofotometria. Obtiveram-se seis extratos fitoquímicos e 315 cepas de fungos endofíticos os quais, após obtenção de colônias puras e verificação de similaridades de características macroscópicas do micélio e da produção de pigmento, foram agrupadas e selecionadas 83 cepas para serem analisadas. Pela técnica do MABA, nenhum dos extratos fitoquímicos proporcionou atividade antagônica ao M. tuberculosis, enquanto que, dos 83 caldos metabólitos das cepas selecionadas constatou-se a atividade em 15. Esses resultados foram confirmados pelos bioensaios de espectrofotometria que também indicou a atividade estimuladora de crescimento em caldo metabólito de apenas uma das cepas analisadas. Apesar de nos extratos de Piper aduncum não se ter obtido indicativos de atividade antagônica ao M. tuberculosis, os componentes microbiológicos desse recurso vegetal demonstraram serem promissores em estudos para obtenção de bioativos farmacológicos ou de uso nas técnicas bacteriológicas de diagnóstico da tuberculose.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFAM/PATOLOGIA TROPICAL
  • Área de Conhecimento: MEDICINA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2008
  • Tamanho: 2.99 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: