Determinação Da Paternidade De Leitegadas Suínas Por Marcadores Microssatélites Utilizando Inseminação Heterospérmica, Com Deposição Espermática Intracervical E Intrauterina, Para A Verificação Da … – Andrea Panzardi

Determinação Da Paternidade De Leitegadas Suínas Por Marcadores Microssatélites Utilizando Inseminação Heterospérmica, Com Deposição Espermática Intracervical E Intrauterina, Para A Verificação Da … – Andrea Panzardi
Acessar

Resumo:

A possibilidade de redução no volume e concentração da dose inseminante (DI) na inseminação intra-uterina (IAIU), permite um melhor aproveitamento do reprodutor suíno em um maior número de fêmeas. Porém, o uso freqüente de pools de 2 ou mais machos na inseminação heterospérmica pode mascarar o baixo desempenho de alguns reprodutores. O objetivo deste estudo foi comparar o uso de IAIU com a inseminação artificial intracervical (IAIC), tanto em condições de rotina de granja, como através da determinação genética da paternidade em amostras heterospérmicas de sêmen para identificar o desempenho reprodutivo de machos individuais. Foram utilizadas 300 fêmeas de ordem de parto (OP) 2-5, submetidas a IAIC e IAIU, com doses inseminantes com concentração de 3,0 x 109 espermatozóides/85 ml e 1,5 x 109 espermatozóides/60 ml, respectivamente. Para o teste de paternidade foram utilizados 9 microssatélites (SW24, SW951, SW857, SO386, SO101, SO090, SW240, SO155, SO355). O SW24 apresentou-se monomórfico e o SO090 não apresentou amplificação alguma. Foram genotipadas 25 leitegadas, totalizando 300 leitões, e havendo exclusão de paternidade somente em 95 deles. O teste de campo evidenciou desvantagem da IAIU (P < 0,05), em termos de taxa de concepção (90,7%) e parição (85,3%), em comparação com a IAIC (98,7% e 94,7%, respectivamente). Porém, o tamanho total da leitegada para IAIC (13,7) e IAIU (13,0) não diferiu (P > 0,05). A exclusão de paternidade não permitiu diferenciação entre os machos, dentro das técnicas de IA, possivelmente em função da similaridade genética observada no plantel comercial avaliado.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFPEL/VETERINÁRIA
  • Área de Conhecimento: MEDICINA VETERINÁRIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2006
  • Tamanho: 426.55 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: