Administração De Capital De Giro De Concessionárias Da Marca Mercedes Benz-Daimlerchrysler: Implicações Do Fundo De Capitalização De Veiculos “Fundo Estrela” – Vicente Eustáquio Mascarenhas

Administração De Capital De Giro De Concessionárias Da Marca Mercedes Benz-Daimlerchrysler: Implicações Do Fundo De Capitalização De Veiculos “Fundo Estrela” – Vicente Eustáquio Mascarenhas
Acessar

Resumo:

Este estudo objetivou pesquisar os efeitos das políticas comerciais e financeiras das montadoras sobre a administração financeira das concessionárias de veículos, especificamente da rede Mercedes Benz da DaimlerChrysler, com foco nas questões de liquidez e capital de giro. As montadoras de veículos têm papel expressivo na economia mundial, repetindo esse fenômeno na economia brasileira. As concessionárias são o principal canal de distribuição das montadoras, sendo grandes geradoras de empregos, com perfil de empresas de médio porte, de capital nacional e familiares. A marca Mercedes Benz, no que tange aos veículos comerciais (caminhões e ônibus), tem liderança histórica no mercado brasileiro, embora atualmente com concorrência mais acirrada. Na trajetória de aumento da concorrência no setor, os concessionários da marca, e conforme estudos do setor as demais marcas também, estão passando por readequação de seu perfil de atuação, que, por sua vez, passa por redução de sua rentabilidade com o principal produto da revenda, que vem a ser os veículos novos. A administração financeira tem nos itens de capital de giro e liquidez, estes com forte correlação, o desafio constante de preservar o equilíbrio financeiro e a solvência das organizações. As concessionárias, além dos itens comuns às demais empresas, como gestão de tesouraria, crédito de clientes, estoques e fornecedores, têm as normas implementadas pelas montadoras concedentes, uma variável a mais a ser considerada. E as restrições inerentes aos interesses destas não necessariamente coincidentes com a rede distribuidora. Desta forma, utilizou-se o modelo dinâmico para estudar comparativamente os demonstrativos contábeis das concessionárias pesquisadas, com referência à comercialização dos veículos novos, especificamente sobre a movimentação do fundo de capitalização denominado Fundo Estrela, que tem a sua movimentação totalmente vinculada às políticas da montadora. Concluiu-se que há, efetivamente, uma alteração significativa nos indicadores financeiros das concessionárias, trazendo modificações na sua necessidade de capital de giro e liquidez, em função das condições contratadas.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: FPL/ADMINISTRAÇÃO
  • Área de Conhecimento: ADMINISTRAÇÃO
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2006
  • Tamanho: 306.10 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: