A Prática Pedagógica Da Eja: Uma Etnografia Do Registro Escrito Na Escola E Na Sala De Aula – Raimundo Nonato Moura Oliveira

A Prática Pedagógica Da Eja: Uma Etnografia Do Registro Escrito Na Escola E Na Sala De Aula – Raimundo Nonato Moura Oliveira
Acessar

Resumo:

Esta dissertação resulta de uma pesquisa desenvolvida junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação – PPGEd, da Universidade Federal do Piauí. Trata-se de um estudo qualitativo na vertente etnográfica, que se propôs, como objetivo geral, analisar as contribuições do registro escrito como instrumento de reflexão, de ressignificação, da prática pedagógica no contexto da Educação de Jovens e Adultos (EJA). As reflexões sobre prática pedagógica e saberes docentes são compreendidas e teorizadas a partir dos estudos de Gauthier et al (1998), Veiga (2000), Perrenoud (1993), Alonso (2003) e Tardif (2004). As considerações teóricas sobre escrita, baseiam-se em Higounet (2003), Ferreiro e Teberosky (1999), Lima (1996), Kleiman (2005), Chartier (2003), Kramer (2001), Soares (2001), Lahire (2002), e Zabalza (2004), dentre outros. Como suporte teórico-metodológico do estudo, incluindo fundamentação para a coleta e análise dos dados, foram usados os referenciais da etnografia conforme Hammersley e Atkinson (1994), André (2004), Erickson (1998), Geertz (1998) e Bortoni-Ricardo (2005). Os procedimentos básicos para produção dos dados etnográficos foram os seguintes: a observação participante, a entrevista reflexiva semi-estruturada, o diário de campo e a análise documental. Os dados do estudo apontaram para a definição e organização de duas grandes categorias assim denominadas: 1. O registro escrito na dimensão organizativa e operacional da prática pedagógica; e 2. O registro escrito na orientação e na construção do conhecimento. Analisados os dados a partir desse campo categorial, tanto no que se refere à escrita dos professores quanto no que diz respeito à escrita dos alunos, o estudo chegou, dentre outras, às seguintes constatações: o uso da escrita pelos professores envolve desde o contexto de planejamento, passando pelo ensino e aprendizagem até a avaliação dos alunos; a escrita se presta como instrumento de reflexão na prática pedagógica do professor: para fazer registros nos diários de classe, para organizar e desenvolver a avaliação do trabalho docente em sala de aula; no entanto, a escrita, em geral é empregada, majoritariamente, por alunos e professores, de forma mecânica, isto é, só para cumprimento de tarefas escolares, destituída, pois, de reflexão e de criatividade. Dessa forma, a perspectiva é que a contribuição maior do presente estudo seja no sentido de discutir e apoiar as práticas de ensino e aprendizagem no nível já referido de modo que possam ser ressignificadas, notadamente quanto a assegurar o sucesso dos alunos no Programa de Educação de Jovens e Adultos da Escola Municipal Paulo Freire, campo institucional da investigação.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFPI/EDUCAÇÃO
  • Área de Conhecimento: EDUCAÇÃO
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2007
  • Tamanho: 9.10 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: