Transferrina E Pré-Albumina Séricas Como Marcadoras Da Resposta Do Suporte Nutricional Em Pacientes Com Câncer De Esôfago – Lea Teresinha Guerra

Transferrina E Pré-Albumina Séricas Como Marcadoras Da Resposta Do Suporte Nutricional Em Pacientes Com Câncer De Esôfago – Lea Teresinha Guerra
Acessar

Resumo:

Objetivos: O objetivo do presente estudo foi avaliar a dosagem da transferrina e pré-albumina séricas como marcadoras da resposta ao suporte nutricional em pacientes com câncer de esôfago. Métodos: Estudo clínico não-controlado com 45 pacientes internados com câncer de esôfago submetidos ao suporte nutricional antes de iniciar a terapia oncológica. De acordo com o estado nutricional, os pacientes receberam dieta por sonda nasoentérica, via oral ou combinada (via oral e sonda nasoentérica). O gasto energético basal foi estimado pela equação de Harris-Benedict. Pré-albumina e transferrina séricas foram dosadas antes e após o suporte nutricional. Valores de p < 0,05 foram considerados estatisticamente significativos. Resultados: A média do tempo de suporte nutricional foi de quatorze dias (±4,72). Houve aumento significativo dos níveis séricos de transferrina (p<0,001) e pré-albumina (p=0,002) após suporte nutricional. Aumento dos níveis de transferrina esteve associado com ingestão calórica (p=0,034), ao contrário dos níveis de préalbumina (p=0,864). Não houve relação estatisticamente significativa entre a ingestão de proteína com a variação dos níveis de transferrina (p=0,243) e préalbumina (p=0,913) do pré para o pós-suporte nutricional. Perda de peso na internação se correlacionou significativamente com os níveis de pré-albumina (- 0,545,p<0,001) e transferrina (r=-0,347,p=0,021). Houve associação estatisticamente significativa entre as variações da transferrina e pré-albumina do pré para o póssuporte nutricional (r=0,568, p<0,001). Conclusões: Houve um aumento significativo dos níveis séricos de préalbumina e transferrina após o suporte nutricional. Foi encontrada uma associação estatisticamente significativa entre as variações da transferrina e pré-albumina do pré para o pós-suporte nutricional.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFRGS/CIÊNCIAS EM GASTROENTEROLOGIA
  • Área de Conhecimento: MEDICINA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2008
  • Tamanho: 827.46 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: