Transecção Subpial Múltipla Na Epilepsia Focal Experimental – Marcelo Ughini Crusius

Transecção Subpial Múltipla Na Epilepsia Focal Experimental – Marcelo Ughini Crusius
Acessar

Resumo:

FUNDAMENTOS: Epilepsia; por conceito; é a ocorrência de crises repetitivas na ausência de distúrbio tóxico-metabólico; decorrente de uma atividade elétrica anormal do encéfalo. Pode ser secundária; causada por lesão cerebral estrutural (tumores; áreas de gliose; malformações; etc.); ou decorrente de mutação genética com repercussão na excitabilidade neuronal. A maior parte das crises epilépticas responde bem ao tratamento medicamentoso; entretanto; 20-30% das epilepsias são refratárias ao tratamento medicamentoso. Estes pacientes são candidatos à cirurgia da epilepsia; a qual visa à ressecção da área de início das crises. Quando essa ressecção não é possível; como em áreas cerebrais eloqüentes; uma alternativa é o procedimento cirúrgico denominado de transecção subpial múltipla (TSM); que interrompe as conexões neuronais horizontais; reduzindo a propagação intracortical das descargas epilépticas ictais. OBJETIVO GERAL: Avaliar a eficácia da TSM no controle das crises epiléticas num modelo de epilepsia focal experimental. MATERIAIS E MÉTODOS: Foi realizado um estudo experimental com intervenção; no qual foram estudados 25 ratos machos da raça Wistar; com idade aproximadamente entre 60-150 dias; divididos em dois grupos e submetidos a implante de eletrodos de registro eletrencefalográfico e indução de foco epiléptico por injeção de penicilina G potássica cristalina subpial. No Grupo I (Experimental) os animais foram submetidos à craniectomia monitorados por vídeo-EEG por 10 minutos; induzidos ao foco epilético e videomonitorizados pelo mesmo período; após; foram submetidos à TSM e novamente videomonitorados por 10 minutos. No Grupo II (Sham); os animais foram submetidos à craniectomia; submetidos por 10 minutos a vídeo-EEG; após; o foco epilético foi induzido; mas não foi realizada a TSM; sendo novamente submetidos a 10 minutos de vídeo-EEG. Todos os animais foram submetidos a estudo histológico para avaliação da vascularização e da organização estrutural do córtex cerebral.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: PUC/RS/MEDICINA E CIÊNCIAS DA SAÚDE.
  • Área de Conhecimento: MEDICINA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 3.90 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: