Tramas Do Impedimento: Os Sentidos Da Desistência Entre Alfabetizandos Da Eja – Cícera Romana Cardoso

Tramas Do Impedimento: Os Sentidos Da Desistência Entre Alfabetizandos Da Eja – Cícera Romana Cardoso
Acessar

Resumo:

A condição de alfabetizado; para jovens e adultos que ainda não conseguem dominar a leitura e a escrita; “é a coisa mais importante da vida”; “um sonho”. A aprendizagem escolar é entendida por eles como um saber hegemônico na sociedade contemporânea letrada. Por isso; entram na escola; buscam deter tal conhecimento e; através dele; sentir-se inseridos nesta sociedade. Entretanto; no decorrer desse processo de aprendizagem; vão aos poucos desistindo; o que contribui tanto para elevar as estatísticas da desistência na Educação de Jovens e Adultos/Eja quanto para; lentamente; reduzir o contingente de analfabetos do país. A partir dessa realidade; questionamo-nos sobre as razões ou motivos concretos e simbólicos que levam à desistência nas classes de alfabetização da Eja. Para tanto; configuramos nosso objeto de estudo como os sentidos da desistência entre alfabetizandos da Eja; cuja compreensão é nosso objetivo. A Teoria das Representações Sociais (MOSCOVICI; 1978; 2004) foi a opção teórico-metodológica para subsidiar a busca; as análises e as interpretações dos dados; fazendo-nos perceber o significado do objeto de estudo para esses indivíduos. Para captar tal conteúdo simbólico; realizamos entrevistas semi-estruturadas com onze alunos desistentes e dez repetentes dessa modalidade de ensino em escolas públicas de Natal/RN durante o ano letivo de 2006. A partir das análises temática e categorial (BARDIN; 1977); identificamos elementos que suscitaram temas. Estes; posteriormente; levaram a três categorias; sugerindo como sentidos da desistência: dificuldades na aprendizagem por não compreenderem os conteúdos; exposição do não saber; trazendo à tona os sentimentos de vergonha; humilhação; constrangimento por não saberem ler e escrever em idade madura; trabalho/cansaço e doenças. Aqueles que conseguem permanecer na escola são os que se obrigam a conviver com os “sentimentos de desadaptação”; e os que desenvolvem com a Instituição uma “adaptação ao avesso”; isto é; a aceitação das falhas e das omissões institucionais. Palavras-chaves: Representações Sociais. Educação de Jovens e Adultos. Desistência.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFRN/EDUCAÇÃO
  • Área de Conhecimento: EDUCAÇÃO
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2007
  • Tamanho: 388.48 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: