Trajetórias De Vida De Professores Formadores: A Constituição De Habitus Profissionais – Maria Das Graças De Arruda Nascimento

Trajetórias De Vida De Professores Formadores: A Constituição De Habitus Profissionais – Maria Das Graças De Arruda Nascimento
Acessar

Resumo:

Analisar as trajetórias de formadores de professores para as séries iniciais do ensino fundamental; que atuam no curso de Pedagogia em Universidades do Rio de Janeiro; constitui o objetivo dessa pesquisa. Através de relatos orais; foram trabalhadas as histórias de vinte professores formadores; tendo como interlocutor privilegiado; Pierre Bourdieu. A análise desses relatos teve como finalidade compreender como se deu nesses formadores a construção das disposições para a docência e para a atuação na formação de professores das séries iniciais em cursos de Pedagogia. Partindo da questão central sobre como cada um dos entrevistados se tornou professor; o roteiro das entrevistas abordou aspectos relacionados à socialização familiar; à trajetória escolar; à escolha da profissão e à trajetória profissional desses professores; com o objetivo de buscar vestígios dos processos de socialização nas disposições que orientam suas atuações como formadores. Com relação à questão central; o que apareceu foi a diversidade de trajetórias e das razões que os levaram a “optar” pela profissão e pela formação de professores para as séries iniciais. Destaca-se aí a multiplicidade de fatores que se interpenetraram favorecendo uma opção ora interpretada como “vocação”; ora como uma “escolha do necessário” ou como uma opção feita em função das oportunidades concretas que foram se colocando. Quanto aos vestígios dos processos de socialização pré-profissionais; emergiram a força dos investimentos de suas famílias na escolarização e das imagens modelares; sobretudo para a escolha profissional; confirmando-se a perspectiva de que as estruturas de um habitus anterior comandam o processo de estruturação de novos habitus a serem produzidos por novas agências socializadoras. No que se refere à socialização profissional evidenciou-se a importância das entradas na profissão e das primeiras experiências profissionais para a construção de suas identidades profissionais e das representações sobre o Curso de Pedagogia; sobre a formação de professores e sobre o campo em que exercem sua profissão. O que apareceu foi um grupo profissional marcado por diferenças relativas aos volumes de capital econômico; cultural e social; à formação recebida; às disposições em relação aos estudantes; às identidades profissionais; às estratégias acionadas para movimentarem-se no campo em que atuam. Afastando-se ou recuperando histórias vividas ao longo de suas trajetórias; esses professores constróem suas próprias práticas pelas quais reagem às condições sociais nas quais estão inseridos.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: PUC-RIO/EDUCAÇÃO
  • Área de Conhecimento: EDUCAÇÃO
  • Nível: Doutorado
  • Ano da Tese: 2006
  • Tamanho: 2.43 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: