Trajetórias De Duas Professoras: Formação E Saberes Docentes – Sharlene Marins Costa

Trajetórias De Duas Professoras: Formação E Saberes Docentes – Sharlene Marins Costa
Acessar

Resumo:

Esta investigação; vinculada a linha de pesquisa Formação; Saberes e Desenvolvimento Profissional; do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFSM; passou a ser pensada ainda em meu processo de formação inicial; em que participava do Grupo de Estudo e Pesquisa Sobre Formação Inicial e Continuada – GEPFICA – em que tive a oportunidade de estudar temáticas que me levaram a pensar tal proposta. Minhas inquietações voltavam-se para questões relacionadas a práticas e saberes das professoras alfabetizadoras. Dessa forma; ao desenhar esta pesquisa; tive como objetivo analisar a história da formação de duas professoras alfabetizadoras e refletir sobre os saberes que elas têm em relação aos processos de alfabetização e letramento. Para o desenvolvimento da investigação; optei por utilizar uma abordagem qualitativa a partir dos estudos de Bogdan; Biklen (1994); baseada na história de vida de duas professoras alfabetizadoras; tendo como instrumentos de coleta de informações as escritas autobiográficas e as entrevistas semi-estruturadas. A investigação está fundamentada em três temáticas: Alfabetização e Letramento; Formação de Professores e Saberes Docentes. Para isso utilizei os referenciais de autores como Rizzo (1989); Cortesão (1991); Nóvoa (1992); Barbosa (1994); Freire (1985); Mortatti (2000; 2004); Antunes (2001; 2004); Tardif (2002); Frade (2007); Soares (2003). Ao final do trabalho; é possível apontar algumas notas conclusivas sobre os saberes que as professoras possuem sobre o alfabetizar e o letrar. Percebo que; em suas práticas educativas; as professoras mobilizam os saberes construídos tanto na formação inicial; quanto na continuada; e que as duas trazem para sua experiência; lembranças de professores que marcaram sua trajetória; e que no cotidiano de suas ações; mobilizam os saberes da experiência. A respeito dos conceitos de alfabetização e letramento; percebo existir uma lacuna na sua formação; levando a pensar que a formação de professores alfabetizadores deve ser revista para buscar a superação dos problemas referentes as práticas educativas; baseadas apenas na experiência; sem uma articulação com os conhecimentos construídos na formação vivenciados ao longo da trajetória docente. Palavras-chaves: Formação de Professores; Saberes Docentes; Alfabetização e Letramento.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFSM/EDUCAÇÃO
  • Área de Conhecimento: EDUCAÇÃO
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2008
  • Tamanho: 360.83 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: