Tradução Comentada De De Magistro Liber Vnvs De Sancti Avrelii Avgvstini – Antonio Auresdeni Minghetti

Tradução Comentada De De Magistro Liber Vnvs De Sancti Avrelii Avgvstini – Antonio Auresdeni Minghetti
Acessar

Resumo:

Este trabalho pretende oferecer novo enfoque às traduções de obras de Santo Agostinho a partir da tradução comentada de De Magistro, uma obra eminentemente hermenêutica, típica dos discursos exegéticos no prae-medioevo, caracterizada pela retórica simbólico-alegórica da Sagrada Escritura. É um tratado semiótico que permeia interfaces entre fé e razão, no qual Santo Agostinho utiliza, como argumento fundamental, a teoria platônica da reminiscência para fundamentar sua tese de uma pedagogia inatista. À tradução que empreendi, encontrei ressonâncias nas concepções teóricas dos lingüistas e teóricos da tradução Friedrich Schleiermacher e George Steiner, e nos filósofos Ortega y Gasset, Paul Ricoeur e Jean Ladrière. Estes têm em comum a visão do tradutor a constituir-se como um mediador entre dois mundos e, a tradução que não se limita a uma mera transposição de palavras em línguas diferentes, mas implica em uma comunicação balizada por signos lingüísticos vinculados a polissistemas culturais. O interrelacionar análise literária com questões culturais envolveu, em De Magistro, o estudo de um mundo muito singular, que torna imperativo em sua tradução recorrer a intertextualidade com a Sagrada Escritura e com outras obras do autor, inicialmente, a partir de uma tradução intralingual, para, posteriormente, processar a interlingual.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFSC/ESTUDOS DA TRADUÇÃO
  • Área de Conhecimento: LETRAS
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 786.13 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: