Tradição E Transgressão No Conto Policial De Jorge Luis Borges – Andréa Lúcia Paiva Padrão

Tradição E Transgressão No Conto Policial De Jorge Luis Borges – Andréa Lúcia Paiva Padrão
Acessar

Resumo:

A obra de Jorge Luis Borges teve influência decisiva na definição do perfil do século XX; especialmente nas questões referentes ao mundo das letras. Dentre os escritores da América Latina; é provavelmente aquele que mais interlocutores conseguiu no mundo todo. Escritor múltiplo; Jorge Luis Borges deixa um vasto legado literário; no qual a narrativa policial ocupa lugar relevante. Assim; esta tese trabalha com quatro narrativas desse escritor; classificadas pela crítica ou pelo próprio autor como policiais: “Abenjacán el Bojarí; muerto en su laberinto”; “Emma Zunz”; “El jardín de senderos que se bifurcan” e “La muerte y la brújula”. Esses contos são lidos e analisados quanto à observância das características principais do texto policial formuladas pelo próprio Borges; quanto às personagens paradigmáticas desta modalidade ficcional (detetives; criminosos e vítimas); quanto à escolha do narrador e centralização do foco narrativo; quanto à estrutura narrativa dupla; elementopadrão da narrativa policial clássica; e quanto à característica de verossimilhança. Nesta leitura é estabelecido um diálogo dos contos analisados com outros textos de Borges; quando são apontados; nos textos policiais selecionados; temas recorrentes na estética borgiana.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFSC/LITERATURA
  • Área de Conhecimento: LETRAS
  • Nível: Doutorado
  • Ano da Tese: 2006
  • Tamanho: 908.18 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: