Trabalho, Produção Da Existência E Do Conhecimento: O Fetichismo Do Conceito De Interdisciplinaridade – Rafael Rodrigo Mueller

Trabalho, Produção Da Existência E Do Conhecimento: O Fetichismo Do Conceito De Interdisciplinaridade – Rafael Rodrigo Mueller
Acessar

Resumo:

O intuito de nossa pesquisa é analisar o conceito fetichizado de interdisciplinaridade presente no mundo do trabalho; bem como suas implicações para produção da existência e do conhecimento. As manifestações da interdisciplinaridade no plano organizacional se verificam a partir da mudança de uma base produtiva fragmentada e individualizada para uma flexível e integrada; implicando diretamente na educação e na formação profissional do atual e futuro trabalhador. Como fonte teórica de possibilidades concretas acerca do estudo em questão; utilizaremos o livro A quinta disciplina; de Peter Senge; como vetor disseminante da interdisciplinaridade no plano organizacional; por meio do desenvolvimento do conceito de visão sistêmica. Para visualização efetiva do fetichismo do conceito de interdisciplinaridade no mundo do trabalho; encontramos no estudo da engenharia simultânea oriunda do processo de reestruturação produtiva; os elementos facilitadores do trabalho coordenado e integrado via equipes multifuncionais. No estudo do conceito de educação corporativa constata-se a utilização da interdisciplinaridade como ferramenta legitimadora do processo de hibridização entre escola e empresa. Tomando como marco inicial da discussão em torno da interdisciplinaridade o Congresso de Nice; organizado pela OCDE em 1970; compreendemos que o objeto em questão foi cooptado pelo capital; no sentido de legitimar a readaptação da base produtiva que; até então; era regida pelo paradigma taylorista-fordista para uma orientada pela flexibilização e integração. Concluímos; a partir de nossas pesquisas acerca do conceito de interdisciplinaridade; que esse foi fetichizado e subsumido pelos ditames do capital; permanecendo; assim; enclausurado entre uma racionalidade organizadora e uma teologização voluntarista.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFSC/EDUCAÇÃO
  • Área de Conhecimento: EDUCAÇÃO
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2006
  • Tamanho: 807.04 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: