Trabalho E Vivência Cotidiana No Complexo Canavieiro: A Experiência Do Migrante Nordestino Em Iturama-Mg – Regina Maria De Souza

Trabalho E Vivência Cotidiana No Complexo Canavieiro: A Experiência Do Migrante Nordestino Em Iturama-Mg – Regina Maria De Souza
Acessar

Resumo:

Este trabalho procurou compreender o cotidiano de trabalhadores migrantes nordestinos inseridos, a partir dos anos 1990, no setor sucroalcooleiro do município de IturamaMG. Os referidos trabalhadores, apesar de desempenharem papel importante nesse setor produtivo, são alvo de preconceito por parte dos trabalhadores e moradores locais. A pesquisa de campo de modalidade qualitativa, analisou aspectos como nível de escolaridade, renda, acesso a bens de consumo, condições de moradia e a consciência que os referidos trabalhadores tem de sua realidade. Além de dados obtidos por meio de aplicação de entrevista semiestruturada, utilizouse pesquisa bilbiográfica para explicar as modificações que ocorreram ao longo da modernização conservadora da agricultura brasileira, a partir dos anos 1960, criando condições para a emergência dos complexos agroindustriais, em detrimento das pequenas e médias culturas, reduzindo o volume de empregos, devido à mecanização das culturas, e intensificando a desigualdade no campo. Indentificouse os fatores que propiciaram a ocupação da mesorregião do Triângulo Mineiro e a expansão das agroindústrias em seus municípios, destacandose o município de IturamaMG que, a partir da introdução do setor sucroalcooleiro, nos anos 1980, e sua expansão, nos anos 1990, cria grande demanda por trabalhadores migrantes nordestinos ocupados no plantio e corte da canadeaçúcar. Parte deles fixa residência em área periférica, onde surgiu o bairro Antônio Bráulio, local em que se encontram em condições sócioculturais distintas de sua cultura original. Analisouse um grupo selecionado de trabalhadores residentes no referido bairro quanto à sua forma de inserção nas atividades do setor sucroalcooleiro, a ocorrência de transformações em suas condições sócioeconômicas e culturais, a partir da migração e, sobretudo, a relação de dependência desses indivíduos com o trabalho atual e a lógica de segregação que vivenciam no bairro Antônio Bráulio.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UNESP/FR/SERVIÇO SOCIAL
  • Área de Conhecimento: SERVIÇO SOCIAL
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 4.85 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: