Trabalho E Reconhecimento: O Caso Dos Profissionais Offshore Da Indústria Do Petróleo Na Bacia De Campos – Valter Luís Fernandes De Sales

Trabalho E Reconhecimento: O Caso Dos Profissionais Offshore Da Indústria Do Petróleo Na Bacia De Campos – Valter Luís Fernandes De Sales
Acessar

Resumo:

Nesta pesquisa, buscamos nos inserir nos estudos acerca do capitalismo moderno e da crise do trabalho, a partir da suposição de que o trabalho em ambientes de produção de petróleo offshore impõe sobre os trabalhadores exigências que ultrapassam as competências cognitivas e técnico-operacionais, levando-os, em expressivos casos, a situações de sofrimento moral que resultam em danos psíquicos, físicos e sociais nem sempre reversíveis. Afirma assim a importância da categoria trabalho na constituição de identidades e de sociedades, também na chamada por Anthony Giddens modernidade radicalizada. A partir da eleição de perfis profissionais distintos na ampla gama de ocupações do segmento produtivo de petróleo e gás na Bacia de Campos, no ano de 2008, homens e mulheres de faixas etárias distintas, em postos de nível médio e de nível superior, com vínculos trabalhistas e renda também diferenciados, bem como o estado civil, por intermédio de entrevistas semi-estruturadas, identificamos fatores de (não)reconhecimento que alteram as relações sociais na esfera produtiva e fora dela, atentando para as expressões da luta por reconhecimento que requer a visibilidade e a discussão das experiências de desrespeito, a fim de se estudar chances de sua superação. A opção pela dualidade metodológica da pesquisa bibliográfica e do estudo de caso justifica-se pela adesão às técnicas qualitativas na construção de uma amostra mais reduzida, sem pretensões de generalização, porém a indicar o quanto o caso dos petroleiros é um cenário fértil para a problematização do lugar do trabalho como espaço de construção de identidades em nossa sociedade de risco. Por fim, a atenção a alguns fatores intersubjetivos que levam às formas de degradação do trabalhador offshore, orienta nossa investigação em acordo com a proposta da teoria crítica Axel Honneth, centrada nas patologias geradas pelo reconhecimento negado ou equivocado que nos exige sua tematização na atual configuração capitalista global.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UENF/POLÍTICAS SOCIAIS
  • Área de Conhecimento: INTERDISCIPLINAR
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 1.03 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: