Tornar-Se Professor Em Uma Escola Confessional: Um Estudo Sobre A Constituição Identitária Na Perspectiva Da Dimensão Da Espiritualidade – Marili Moreira Da Silva Vieira

Tornar-Se Professor Em Uma Escola Confessional: Um Estudo Sobre A Constituição Identitária Na Perspectiva Da Dimensão Da Espiritualidade – Marili Moreira Da Silva Vieira
Acessar

Resumo:

É objetivo desta pesquisa compreender como a dimensão da espiritualidade contribui e participa da constituição identitária de professores e, como, em uma escola confessional, se dá essa constituição. Defendeu-se que a espiritualidade é central às dimensões profissionais de um professor, pois revela o sentido de vida que ele tem, sentido esse que revelará para o seu aluno, por meio de sua prática, por meio de sua fala. Sendo esta uma instituição confessional, acredita-se que ela afete a dimensão da espiritualidade, no professor.Por sua vez, a manifestação dessa dimensão da espiritualidade na identidade do professor afetará a identidade da escola. Como referencial teórico quanto ao processo de constituição da identidade profissional, recorreu-se a Claude Dubar e Zygmunt Bauman. Buscou-se, com Berger e Luckmann, compreender a necessidade de comunidades de apoio no processo de identificação. Ainda, recorreu-se a Placco, que aponta a importância de se considerar a interação e sincronicidade entre as várias dimensões do professor, no processo de ação e formação dele. Evidencia-se que, à proposta de Placco, pode ser acrescentada como dimensão a espiritualidade humana. Para compreensão dessa dimensão da espiritualidade, o referencial teórico foi o de Viktor Frankl. Realizou-se a pesquisa em uma escola confessional na cidade de São Paulo, com cinco professores do Ensino Médio, com a diretora e a coordenadora pedagógica, sendo a coleta de dados realizada por meio de entrevistas semiestruturadas, apoiadas por um roteiro e pela utilização de algumas imagens, para interpretação de valores e sentido de vida. Os dados de professores foram analisados a partir de categorias importantes para a constituição identitária e para a espiritualidade. Em seguida, foram confrontadas as informações coletadas junto à Diretora, à Coordenadora e aos professores. Concluiu-se que a instituição participa da constituição da identidade profissional do professor e esse confere significado à confessionalidade da escola. Evidencia-se que a filosofia da escola (expressão da espiritualidade institucional) é central na sua cultura, tanto como a espiritualidade é central para o professor (dimensão do ser humano). Fica evidenciado que a espiritualidade é essencial para a profissão do professor e é um meio pelo qual se pode atuar em sua vida e em sua formação profissional e, assim, atingir o alvo final da educação.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: PUC/SP/EDUCAÇÃO (PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO)
  • Área de Conhecimento: EDUCAÇÃO
  • Nível: Doutorado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 1.02 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: