Tomografia Computadorizada De Alta Resolução Na Avaliação De Pacientes Com Pneumonia Lipóidica Exógena – Gláucia Maria Ribeiro Zanetti Leal

Tomografia Computadorizada De Alta Resolução Na Avaliação De Pacientes Com Pneumonia Lipóidica Exógena – Gláucia Maria Ribeiro Zanetti Leal
Acessar

Resumo:

O objetivo deste estudo foi analisar os achados na tomografia computadorizada de alta resolução (TCAR) em 53 pacientes (33 masculinos e 20 femininos) com pneumonia lipoídica exógena, e comparar os achados em adultos e crianças. O estudo retrospectivo incluiu 35 crianças, com idades variando de 1 mês a 12 anos, e 18 adultos, com idades variando de 25 a 94 anos. Quanto aos fatores de risco, alterações neurológicas estavam presentes em 22 de nossos pacientes e doença do refluxo gastresofagiano em 14. Em 13 não foi encontrado nenhum fator de risco. Os sintomas mais frequentes foram tosse, dispnéia e febre. Os exames foram avaliados por dois observadores, de forma independente, e os casos discordantes resolvidos por consenso. Os critérios de inclusão foram a presença de anormalidades na radiografia do tórax, relato de uso de óleo mineral, e presença de lipídeos no lavado bronco-alveolar ou no exame anatomopatológico (biópsia pulmonar ou necropsia). Os grupos (adultos e crianças) foram comparados usando-se o teste exato de Fischer. Os achados tomográficos predominantes foram as consolidações com broncograma aéreo em 86,79% dos pacientes, as opacidades em vidro fosco em 37,73%, os nódulos de espaço aéreo em 26,64%, e o padrão de pavimentação em mosaico em 20,7%. O comprometimento foi bilateral em 51 casos (96,2%), e as lesões predominaram nas regiões posteriores dos pulmões em 48 pacientes (90,5%), acometendo mais extensamente o pulmão direito em 35 pacientes (66%). Quanto à extensão do comprometimento lobar (mais de 50% do lobo), o lobo inferior direito foi o mais acometido (n=46, 86,79%), seguido do lobo inferior esquerdo (n=39, 73,6%), e do lobo superior direito (n=31, 58,5%). Comparando os achados tomográficos de crianças e adultos, as consolidações com broncograma aéreo foram mais frequentes em crianças, e o padrão de pavimentação em mosaico foi mais comum em adultos. Nódulos e opacidades em vidro fosco não mostraram diferenças entre os dois grupos. O envolvimento do lobo superior direito foi mais frequente em crianças, o lobo médio e língula foram mais comumente afetados em adultos. O comprometimento do lobo superior esquerdo e dos lobos inferiores foi semelhante nos dois grupos.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFRJ/MEDICINA (RADIOLOGIA)
  • Área de Conhecimento: MEDICINA
  • Nível: Doutorado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 3.68 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: