Todos Somos Brasileiros: Políticas, Sensibilidades E Representações Estabelecidas No Período Vargas (1937-1946) – Rosana Eva Eksterman Mastroeni

Todos Somos Brasileiros: Políticas, Sensibilidades E Representações Estabelecidas No Período Vargas (1937-1946) – Rosana Eva Eksterman Mastroeni
Acessar

Resumo:

Este trabalho tem como principal objetivo problematizar as interpretações do período varguista à luz da construção e da significação de Getúlio no imaginário social, elaboradas entre os anos de 1937 a 1946. Embora o recorte temporal seja um tanto longo, a sua extensão se deve ao fato de este trabalho procurar problematizar tanto a construção da ideologia do Estado Novo por meio dos discursos de Getúlio Vargas, como também a construção de sua imagem via os discursos de Alexandre Marcondes Filho difundidos pelo rádio, bem como as formas com que a população respondeu a estas elaborações por intermédio de correspondências oriundas de diversas regiões brasileiras destinadas a Vargas. O que se objetiva é responder a questionamentos como: Como foi possível a construção de uma representação tão popular a partir de uma figura pública? Como se articula a relação entre público e privado nas construções imaginárias?

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: PUC/SP/HISTÓRIA
  • Área de Conhecimento: HISTÓRIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 38.22 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: