Tipos De Atividades Que Constituem As Rotinas Do Trabalho De Diretores De Curso De Graduação De Uma Universidade E Aprendizagens Para O Exercício Da Função – Regina Celina Cruz

Tipos De Atividades Que Constituem As Rotinas Do Trabalho De Diretores De Curso De Graduação De Uma Universidade E Aprendizagens Para O Exercício Da Função – Regina Celina Cruz
Acessar

Resumo:

As universidades como organizações reúnem características que; por um lado podem ser comparadas a outros tipos de organizações e; por outro apresentam diferenças. Uma das similaridades é o fato de que precisam ser administradas e é possível identificar diferentes níveis de gestão universitária; ocupados geralmente por professores do ensino superior. Um dos níveis de gestão é referente ao gerenciamento de cursos de graduação; exercido por um professor do curso; que cumpre mandato com tempo determinado. A escolha de profissionais para a administração universitária; independentemente do critério utilizado; está longe de considerar os comportamentos de gestão que precisam ser apresentados pelos professores e estes acabam aprendendo o que é gerir um curso no próprio exercício do cargo. Para gerenciar um curso é necessário muito mais do que a formação técnica na profissão de origem ou a sua experiência pregressa como docente. Existem atribuições que são próprias do cargo; mas elas nem sempre estão organizadas com o devido detalhamento; o que dificulta o conhecimento dos dirigentes sobre o que eles precisam fazer ou do que não é sua responsabilidade. Com a revisão de literatura sobre gestão universitária foi possível identificar lacunas na produção de conhecimentos sobre atividades que gestores de cursos realizam no cotidiano de seu trabalho; sobre aprendizagens necessárias ao preparo para o exercício da função e de estudos referentes a comportamentos de dirigentes de cursos considerados como fenômenos psicológicos e com base na análise do comportamento. A necessidade de preparo específico para a gestão de cursos; a identificação de critérios mais objetivos para nortear as escolhas dos professores para o cargo de gestão; além da necessidade de identificar e avaliar variáveis que fazem parte do trabalho de gestão e que interferem na forma de gerenciamento dos cursos são conhecimentos relevantes que precisam ser produzidos. O método de estudo foi baseado na observação indireta; com a construção de um instrumento de coleta de depoimentos; aplicado em 67% dos diretores de cursos de graduação que já haviam cumprido pelo menos um mandato e foram reconduzidos para mais um mandato consecutivo; no período de 2005-2006. Todos trabalhavam em uma organização de ensino superior privada; comunitária e confessional; do sul do Brasil. Os depoimentos foram gravados e coletados por meio de entrevistas individuais. As gravações foram transcritas e as respostas dos sujeitos foram organizadas em conjuntos; separados por sujeitos conforme o Centro onde atuavam. As respostas referentes às atividades rotineiras e aprendizagens foram organizadas; tratadas e os dados foram descritos; analisados e interpretados. As correlações do que foi encontrado foram feitas com a literatura sobre o assunto e com um documento oficial da Universidade que discrimina os tipos de atribuições dos diretores de cursos. As definições de atribuições encontradas em documento oficial da organização revelam generalidades e aspectos mais amplos do cargo; o que dá diretrizes para os ocupantes do cargo; mas revela pouca compatibilidade com o que é descrito como rotineiro pelos dirigentes de cursos. Com os resultados da análise e interpretação dos dados foi possível a produção de conhecimentos para responder a pergunta de pesquisa: que atividades constituem a rotina de trabalho e as aprendizagens dos diretores de cursos de graduação de uma Universidade?

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFSC/PSICOLOGIA
  • Área de Conhecimento: PSICOLOGIA
  • Nível: Doutorado
  • Ano da Tese: 2008
  • Tamanho: 1.13 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: