Tipologia Facial Em Indivíduos Respiradores Bucais Com Maloclusão Classe I E Classe Ii Divisão 1 – Andrea Alves Bedendi

Tipologia Facial Em Indivíduos Respiradores Bucais Com Maloclusão Classe I E Classe Ii Divisão 1 – Andrea Alves Bedendi
Acessar

Resumo:

Esta pesquisa avaliou a tipologia facial de indivíduos da região de Sinop; Mato Grosso; respiradores bucais e com maloclusão Classe I e Classe II de Angle. A amostra de 120 crianças; com idades entre 10 a 15 anos; foi selecionada e dividida por faixa etária em grupos de 10 crianças de cada gênero. As grandezas cefalométricas que compõem a verificação da Tipologia Facial VERT (Ricketts; 1982) foram observadas em telerradiografias em norma lateral da cabeça; os traçados foram realizados por um único investigador; e repetidos duas vezes em intervalo de 10 dias para verificação do erro do operador. A análise estatística verificou os valores médios para as grandezas: inclinação do incisivo inferior (Classe I: 24;2º±6;8; Classe II: 26;2º±6;84); ângulo do eixo facial (Classe I: 89;1º±3;3; Classe II: 88;7º±4;9); ângulo da profundidade facial (Classe I: 88;3º±3;0; Classe II: 87;0º±3;7); ângulo do plano mandibular (Classe I: 26;1º±6;7; Classe II: 28;0º±8;0); ângulo da altura facial inferior (Classe I: 44;4º±4;7; Classe II: 46;1º±4;5); ângulo do arco mandibular (Classe I: 31;9º±9;1; Classe II: 30;5º±7;7); VERT (Classe I: 0;39±1;03; Classe II: 0;025±0;99). O teste t de Student (p<0;05) para amostras independentes mostrou que não houve diferença estatística para as grandezas inclinação do incisivo inferior (p=0;099); ângulo do eixo facial (p=0;594); ângulo do plano mandibular (p=0;171); ângulo da altura facial (p=0;053) e ângulo do arco mandibular (p=0;372). Por outro lado houve diferença significante para o ângulo da profundidade facial (p=0;039) e para o VERT (p=0;046). A comparação por faixa etária para os indivíduos Classe I e Classe II; feita pela Análise de Variância (p<0;05); não indicou diferença estatística para nenhuma grandeza cefalométrica avaliada. Concluiu-se que os respiradores bucais com maloclusão Classe I apresentaram um padrão mesofacial enquanto os indivíduos com maloclusão Classe II tinham um padrão dolicofacial suave.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: SLMANDIC/ODONTOLOGIA
  • Área de Conhecimento: ODONTOLOGIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2008
  • Tamanho: 479.60 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: