Textos Produzidos Na Escola : Uma Reflexão Sobre A Prática Docente No Ensino Médio – Fernanda De Abreu Carvalho

Textos Produzidos Na Escola : Uma Reflexão Sobre A Prática Docente No Ensino Médio – Fernanda De Abreu Carvalho
Acessar

Resumo:

O objetivo geral deste trabalho é refletir sobre a prática docente assumida no processo ensino-aprendizagem de produção de textos; a fim de contribuir com as discussões que visam ao desenvolvimento de práticas ancoradas no Sócio-interacionismo de Vygotsky (1998) e no Interacionismo de Bakthin (1992). Nesse contexto; delimitamos como objetivos específicos: 1º Relatar as atividades envolvidas no processo de produção textual escrita; no ensino médio de uma escola pública paranaense; 2º Analisar textos produzidos mediante essas atividades; 3º Analisar com criticidade a prática docente e seus efeitos nesses textos; 4º Sugerir; mediante a reflexão; novas práticas docentes que podem quebrar a artificialidade das aulas de produção de texto. A Lingüística Aplicada (MOITA LOPES; 1996) abre espaço para buscarmos no Interacionismo (GERALDI; 1997b; VYGOTSKY; 1998) e na Lingüística Textual (KOCH; 1998; 2000; 2002; 2004) o suporte teórico para analisarmos uma seqüência didática de produção textual interacionista (BRASIL; 1998; PAZINI; 1998; ZANINI; 2003; CAMPS; 2006; JOLIBERT; 2006) e seis textos resultantes dela; A natureza da pesquisa tem caráter qualitativo-interpretativo (TRIVÑOS; 1987; FLICK; 2004) e os métodos são o da pesquisa-ação (FRANCO; 2005; TRIPP; 2005); já que somos pesquisadores/pesquisados e todos os envolvidos buscam um objetivo comum. A redação da pesquisa está realizada em quatro capítulos: o Capítulo 1 – teórico-descritivo – contém a introdução; as teorias para a compreensão da prática; sua análise e análise dos textos escolhidos; o Capítulo 2 – o metodológico – apresenta a metodologia usada; relaciona os sujeitos da pesquisa e sua situação; o Capítulo 3 – o teórico-prático – é o capítulo em que se dá o relato das atividades desenvolvidas no processo de produção textual escrita; as análises das produções; análise crítica da prática docente e seus efeitos nos textos produzidos; o Capítulo 4 – o conclusivo – é o capítulo em que enfatizamos as respostas obtidas para a nossa pergunta de pesquisa e sugerimos práticas docentes que possam contribuir para a produção de textos na escola; mas não somente para a escola. Submetida à análise; a seqüência didática se revela como um caminho para a criação de condições reais de uso da língua. Um tipo de projeto pedagógico constituído pelas condições de produção (GERALDI; 1997b). Nele o texto é visto como um trabalho que pode ser aprendido; e não apenas como um dom. A Lingüística Textual; ciência que tem o texto como seu objeto de estudo; ajuda; não só na avaliação dos textos como coerentes ou não; mas também em reflexões para que as produções possam ser melhoradas lingüisticamente; sem deixar de levar em conta a situação comunicativa.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UEM/LETRAS
  • Área de Conhecimento: LETRAS
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2007
  • Tamanho: 746.06 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: