Tessituras Em Rede: Possibilidades De Interação E Pesquisa A Partir De Webquests De Álgebra – Gilian Cristina Barros

Tessituras Em Rede: Possibilidades De Interação E Pesquisa A Partir De Webquests De Álgebra – Gilian Cristina Barros
Acessar

Resumo:

Esta investigação teve como objetivo analisar as possibilidades de interação e pesquisa usadas na etapa tarefa, da metodologia WebQuest, em WebQuests de álgebra, identificando também ações que favoreçam a educação algébrica. Trata-se de uma pesquisa de caráter qualitativo e de natureza descritiva e interpretativa, baseada na análise de conteúdo. Por meio do banco de dados do PhPWebQuest da Comunidade EscolaBR, verificando WebQuests de Matemática produzidas por professores de 2005 a 2007, selecionou-se para análise uma WebQuest de Álgebra. Os fundamentos teóricos possibilitaram a classificação das WebQuest quanto as categorias definidas por Dodge (2002) bem como a análise das possibilidades de interação, baseadas em Primo (2008), e da pesquisa como princípio educativo, fundamentada em Demo (2005, 2006). O pensar algebricamente de Lins e Gimenez (1997) e as concepções de Álgebra pesquisadas por Lee (2005) e Usiskin (1995) foram os referenciais que permearam a análise quanto à educação algébrica.Verificou-se, no resultado das análises que o professor-autor da WebQuest, conseguiu estabelecer atividades que teoricamente desenvolveriam o pensamento algébrico nos alunos e os níveis elevados de pensamento. No entanto, as atividades propostas não oportunizaram o uso em potencial de recursos da internet para favorecer a interação e a pesquisa. Para tanto, propõe-se um quadro que classifica as tarefas, segundo a taxonomia das tarefas de Dodge, apresentando possíveis produtos, recursos e seus respectivos endereços eletrônicos, com o intuito de favorecer a produção colaborativa via internet.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFPR/EDUCAÇÃO
  • Área de Conhecimento: EDUCAÇÃO
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 3.00 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: