Tessitura Visual Da Palavra: Reflexões Acerca Dos Aspectos Plásticos Das Palavras Na Obra De Mira Schendel – Marcelo De Carvalho Borges

Tessitura Visual Da Palavra: Reflexões Acerca Dos Aspectos Plásticos Das Palavras Na Obra De Mira Schendel – Marcelo De Carvalho Borges
Acessar

Resumo:

Esta dissertação aborda as relações entre palavra e imagem, pela perspectiva das possibilidades visuais que se abrem para o signo alfabético na produção artística. Parte de uma breve discussão sobre os sentidos de texto, de imagem, sem perder de vista sua ligação com o espaço, elemento comum a ambos. Passando pelas influências do pensamento ocidental sobre as relações entre texto e imagem, o estudo segue com alguns exemplos na história da arte sobre o tema, para refletir a seu respeito sob a luz do conceito barthesiano de escritura. Desse referencial, o segundo capítulo se volta para a obra de Mira Schendel. Desenhando um recorte entre as séries que são pertinentes ao seu foco de interesse e, intertextualizando estes trabalhos com criações de Stéphane Mallarmé e Karlheinz Stockhausen, o estudo tece um diálogo com o pensamento de autores como Maurice Blanchot e Roland Barthes sobre a condição e as possibilidades da escrita para além das concepções usuais da cultura. Junto com os dois pensadores citados, a discussão sobre as possibilidades visuais da escrita é retomada pelo ângulo de sua relação com o vazio e com o espaço. Concentrando-se, principalmente, nos cadernos e nas monotipias de Mira, a exploração desse tema é subsidiada pelas teorias sobre a origem da escrita chinesa tanto de Ernest Francisco Fenollosa, quanto Anne Marie-Christin e suas reflexões a respeito das relações da superfície com a escrita oriental e com a escrita e o pensamento alfabéticos ocidentais.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFMG/ARTES
  • Área de Conhecimento: ARTES
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2010
  • Tamanho: 11.76 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: