Teseu E O Touro: Algumas Sugestões Feministas Para Uma Crítica Da Razão. – Vitor Pinheiro Grunvald

Teseu E O Touro: Algumas Sugestões Feministas Para Uma Crítica Da Razão. – Vitor Pinheiro Grunvald
Acessar

Resumo:

Nesta dissertação; retomo algumas propostas teóricas do feminismo antropológico para; através delas; indicar possíveis caminhos de uma política ou ética da contra-efetuação. Meu ponto de partida são as discussões sobre natureza-cultura e doméstico-público da década de 1970 quando; autores como Edwin Ardener; Michelle Rosaldo e Sherry Ortner; usam estas chaves analíticas para pensar os “problemas da mulher”. Valho-me de discussões etnográficas produzidas pela antropologia melanesianista para mostrar como só compreendemos adequadamente essas propostas a partir dos pressupostos indígenas euro-americanos a partir dos quais elas se constroem. Por fim; busco evidenciar algumas questões colocadas pela ênfase no conceito de gênero e; recorrendo aos problemas postos pela teoria de Judith Butler; tento; primeiramente; pensar as conseqüências do legado da experiência acadêmica e política do feminismo no direcionamento de suas problemáticas para; em seguida; deformar suas intenções; termos e propostas a fim de elaborar tanto uma crítica da razão humanista; política e/ou social quanto as diretrizes da política minoritária à qual me referi.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFRJ/ANTROPOLOGIA SOCIAL
  • Área de Conhecimento: ANTROPOLOGIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 1.10 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: