Territorialidade Da Comunidade De Pescadores Artesanais: Praia Do Perequê, Guarujá – Sp – Renato Jose Saraiva Carvalho

Territorialidade Da Comunidade De Pescadores Artesanais: Praia Do Perequê, Guarujá – Sp – Renato Jose Saraiva Carvalho
Acessar

Resumo:

A pesca artesanal apresenta grande importância para as comunidades tradicionais; como meio de subsistência dessas comunidades e pelas marcas culturais e de tradição e; pelo amplo conhecimento tradicional acumulado. Esse tipo de pesca representou 64;58%; no ano de 2007; do total do pescado extraído no país e empregava 700.000 pescadores na atividade. Apresenta características peculiares; diferente das características da pesca industrial que tem aspectos apenas econômicos. Essas características devem ser observadas no tratamento conferido; bem como na maneira como o poder político deve entender a pesca artesanal. Os pescadores artesanais conservam uma forma tradicional de vida e possuem vasto saber tradicional. Eventos mudaram a vida dessas populações; tais como a construção de estradas ligando o litoral aos grandes centros urbanos; violenta especulação imobiliária; invasão de área de trabalho pela frota industrial; migração de pescadores com outras culturas; e a invasão da atividade do turismo. Considerando estas questões; a pesquisa foi desenvolvida com o objetivo de descrever e interpretar a territorialização e a territorialidade da coletividade de pescadores artesanais da Praia do Perequê; os novos usos dados à tradicional superfície de referência e possíveis ameaças que essa coletividade enfrenta. A metodologia adotada para a realização da dissertação compreendeu a pesquisa bibliográfica; através da seleção de livros; periódicos e apoiou-se em dados primários obtidos de pesquisa documental e de pesquisa de campo. A pesquisa de campo foi dividida entre a pesquisa exploratória e pesquisa de observação participativa. O estudo compreendeu um aporte conceitual principalmente sobre Desenvolvimento Local; Território e territorialidade; comunidades; cultura e conhecimento tradicional; sustentabilidade ambiental e pesca artesanal. Também foi pesquisado o contexto territorial (espaço físico; sociocultural; instrumental e socioeconômico) ligado a Praia do Perequê. Foi feita a caracterização socioeconômica e cultural dos pescadores artesanais da Praia do Perequê; através da apresentação do resultado da pesquisa; análise e discussão. A conclusão abrange os impactos que a comunidade vem sofrendo em sua territorialidade ao longo de sua trajetória; com os novos usos em sua superfície de referência; a desterritorialização; do conhecimento construído; na estrutura de vida dos pescadores artesanais; nos hábitos; costumes e cultura. Por essas contingências é possível concluir que a territorialidade dos pescadores artesanais da Praia do Perequê encontra-se ameaçada; cristalizada a partir do pensamento tradicional que não busca apenas um saber; mas acima de tudo; a condição real do pescador artesanal.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UCDB/DESENVOLVIMENTO LOCAL
  • Área de Conhecimento: PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2010
  • Tamanho: 1.47 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: