Sobre O Não-Saber Ou A Experiência Da Liberdade Em Mestre Eckhart – Adriana Andrade De Sousa

Sobre O Não-Saber Ou A Experiência Da Liberdade Em Mestre Eckhart – Adriana Andrade De Sousa
Acessar

Resumo:

Falar do não-saber, em Eckhart, é remeter-se diretamente à noção de fundo da alma. Este trabalho consiste num relato do caminho da alma ao seu fundo, caminho cujo caminhar traduz um ir além da imagem, além da Trindade; caminho que é ele mesmo um retorno à Deidade. É nesse fundo que se dá a união última da alma com o divino e, simultaneamente, o nascimento de Deus. Para Eckhart todo o sentido desse nascimento depende de ele acontecer em cada um de nós: “Santo Agostinho pergunta: o que me adianta que esta geração esteja acontecendo, se não acontece em mim? Tudo depende, pois, de ela acontecer em mim.” (S.57). Segundo o autor, o conhecimento de Deus não se separa da vivência: conhecer Deus é também e, indissociavelmente, vivê-lo. Essa era a situação na qual se encontrava a cara Marta ou o não-saber: Marta simplesmente está sendo no tempo, ao modo e envio da interioridade. Nesse sentido, Eckhart vive a similaridade de dois aspectos: o Lesemeister, professor, leitor das escrituras; e o Lebemeister, o mestre da vida que, em conhecendo Deus, aprende também a vivê-lo. O que significa dizer que, em todo saber – ainda humano – estaria a aurora de uma realização ainda mais elevada compreendida como um não-saber que é divino.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFJF/CIÊNCIA DA RELIGIÃO
  • Área de Conhecimento: TEOLOGIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2008
  • Tamanho: 376.17 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: