Situação Da Reciclagem De Embalagens Vazias De Agrotóxicos No Mato Grosso Do Sul – Vera Lúcia Amaral De Oliveira Pereira

Situação Da Reciclagem De Embalagens Vazias De Agrotóxicos No Mato Grosso Do Sul – Vera Lúcia Amaral De Oliveira Pereira
Acessar

Resumo:

Os produtos agrotóxicos têm sido usados em grande escala no Mato Grosso do Sul devido a sua eficácia no controle de pragas, doenças e plantas daninhas que infestam as lavouras. O descarte incorreto das embalagens destes produtos pode contaminar os solos, rios, córregos e o lençol freático poluindo o ambiente e resultando na intoxicação de homens e animais. A legislação federal e estadual de agrotóxicos prevê a destinação final de embalagens vazias de agrotóxicos e existem recicladoras no Brasil destas embalagens. Cordas, madeira plástica, embalagens para óleo lubrificante, dutos corrugados, luvas para emenda, economizadores de concreto, barricas de papelão, sacos plásticos para lixo hospitalar, tampas para embalagens de defensivos agrícolas, todos estes artefatos são produzidos através do reaproveitamento das embalagens vazias. Este trabalho teve por objetivo levantar dados que permitam evidenciar a quantidade de embalagens devolvidas no Mato Grosso do Sul, assim como os benefícios da destinação das embalagens vazias que obrigatoriamente devem ser tríplice lavadas visando a sua reciclagem. Os resultados permitiram concluir que a microrregião geográfica de Dourados registra maior quantidade de embalagens devolvidas. Os usuários de produtos agrotóxicos se preocupam em cumprir a legislação. Apesar do acréscimo de embalagens devolvidas ainda há descarte incorreto com sinais de possível poluição ambiental e de saúde coletiva.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UNIDERP/PRODUÇÃO AGROINDUSTRIAL
  • Área de Conhecimento: MULTIDISCIPLINAR
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2007
  • Tamanho: 906.15 KB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: