Sistemas Corporativos: O Olhar De Gestores De Recursos Humanos Do Sistema Estadual De Saúde De Minas Gerais – Cristina Luiza Ramos Da Fonseca

Sistemas Corporativos: O Olhar De Gestores De Recursos Humanos Do Sistema Estadual De Saúde De Minas Gerais – Cristina Luiza Ramos Da Fonseca
Acessar

Resumo:

No Estado de Minas Gerais, existem diversos sistemas de gestão de pessoas, que foram desenvolvidos para abarcar todos os órgãos da administração pública. Similar a diversas organizações, investiu-se muito no desenvolvimento desses sistemas sem que se investisse, igualmente, na avaliação dos mesmos em relação ao uso das informações para a tomada de decisão, sob o ponto de vista dos usuários e dos gestores. Sendo a área da saúde um setor complexo, especialmente quando se trata de Recursos Humanos, e de grande relevância para o bem estar da população mineira, se propõe, nesse trabalho, identificar e comentar as contribuições e os limites dos sistemas de informação de Gestão de Pessoas, na perspectiva dos Gestores de Pessoas do sistema estadual de saúde de Minas Gerais, no que concerne a sua potencial contribuição para a tomada de decisão, com a intenção de fornecer subsídios para sua melhoria. Em geral, em qualquer organização, são os gestores da área de Gestão de Pessoas que têm a prerrogativa de tomarem decisões e estas são, muitas vezes, baseadas em informações disponíveis. Existe uma tendência de a qualidade da decisão ser diretamente proporcional à qualidade da informação, guardando-se a devida proporção no que se refere ao o modelo de tomada de decisão adotado pelo decisor e pela organização. Assim, a informação é importante para a gestão de pessoas e, por isso, é interessante que as organizações tenham o devido cuidado de que o sistema de informação, preferencialmente com o uso da tecnologia, aumente a agilidade do processamento dos dados e transformação desses em informação relevante. O sistema de informação escolhido para ser foco principal desse trabalho é o Sistema de Administração de Pessoas, SISAP, que é o principal sistema de informação utilizado no Estado de Minas Gerais. Foram buscados, como dados para a investigação, quais os modelos de tomada de decisão que cada profissional adota, predominantemente; qual a relevância da informação para a decisão dos gestores entrevistados; quais os principais dados e informações que cada gestor utiliza e quais ele gostaria de obter no SISAP, mas não os tem. Finalmente, nesse trabalho, foram feitas proposições de possíveis mudanças para o SISAP.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: FIOCRUZ/SAÚDE PÚBLICA
  • Área de Conhecimento: SAÚDE COLETIVA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 1.20 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: