Representações Sociais De Licenciandos Em Ciências Biológicas E Educação Física Da Ufmt, Sobre O Futuro Do Trabalho Docente: Um Estudo Sobre Razões Para Ser Professor, Atividades Docentes Atuais… – Fabiula Aparecida Bento

Representações Sociais De Licenciandos Em Ciências Biológicas E Educação Física Da Ufmt, Sobre O Futuro Do Trabalho Docente: Um Estudo Sobre Razões Para Ser Professor, Atividades Docentes Atuais… – Fabiula Aparecida Bento
Acessar

Resumo:

Este trabalho apresenta dados de pesquisa produzida entre 2006 e 2007; e teve por objetivo conhecer e analisar o conteúdo e a estrutura das representações sociais (RS) que dois grupos de licenciandos da UFMT; do campus de Cuiabá partilham a respeito das perspectivas de futuro do trabalho docente. Com este propósito; foram aplicados quatro motes indutores; que inquiriram sobre: razões para ser professor; atividades docentes nos dias atuais; atividades docentes no futuro e do que dependerá o trabalho do professor no futuro. Optou-se pela Teoria das Representações Sociais (TRS); proposta por Serge Moscovici; bem como a Teoria do Núcleo Central; de Jean-Claude Abric; e colaboradores; para realizar a leitura dos dados. Definiu-se a delimitação de duas amostras; denominadas como Grupo A e Grupo B. A parcela referente ao Grupo A; foi composta por 1574 alunos dos 12 cursos de licenciaturas da Universidade. O Grupo B; corresponde aos 304 discentes contatados nos cursos de Ciências Biológicas e Educação Física. Utilizou-se da técnica de Associação livre de palavras (ALP); em que foram solicitadas cinco palavras como resposta. O conteúdo recolhido foi submetido a tratamento estatístico com o uso do software EVOC. Os dados censitários foram organizados com o auxílio do programa SPSS. Nesta investigação; o quantitativo equivalente a 52;54% da amostra total de alunos declarou-se decidido favoravelmente ao exercício da docência. Com isso; expressaram que; a despeito das carências no âmbito estrutural; salarial e formativo alegadas por eles próprios; pretendem seguir o curso para o qual irão se graduar. Referentes às razões para ser professor; notou-se que o Núcleo Central (NC) de ambos os grupos foram constituídos pelos vocábulos ensinar; conhecimento; aprendizagem e prazer. Assim; destacaram que suas motivações estão fundamentadas nas Práticas docentes; nas Características pessoais e no Bem-estar existentes no exercício profissional. Sobre o quesito acerca das atividades docentes; viu-se que nos dias de hoje; as RS estão fundamentadas nas funções de ensinar e planejar; bem como na busca pela capacitação. A atividade de ensino é o sustentáculo do trabalho docente; independentemente se questionado o presente ou o futuro. Contudo; para o porvir os alunos projetam um cenário em que esta função primordial será complementada pelas práticas de orientação e pesquisa. Além disso; configuraram um panorama em que a presença dos recursos informáticos deterá uma participação maior da prática magisterial do que em relação ao dias de hoje. Acerca do questionamento que indagou do que dependerá o trabalho docente no futuro; os licenciandos de ambos os grupos trataram das carências do trabalho docente quanto aos aspectos estruturais; econômicos e da participação estatal por meio das políticas públicas. Quanto ao perfil do professor; configuram-no como um profissional conectado com os recursos da informática sob as mais diversas manifestações no contexto do trabalho magisterial. Percebe-se que é consensual a crítica à realidade salarial dos professores; e a reivindicação por melhorias. Além disso; sinalizam a importância da interferência governamental por meio da aplicação de recursos; de condições tecnológicas; bem como de um profissional dotado de saber competente para exercer este trabalho.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFMT/EDUCAÇÃO
  • Área de Conhecimento: EDUCAÇÃO
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2008
  • Tamanho: 1.49 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: