Of Selections And Erasures: History, Memory And Identity Politics In Sandra Cisneros’S Caramelo And Achy Obeja’S Memory Mambo – Bruno Ferrari

Of Selections And Erasures: History, Memory And Identity Politics In Sandra Cisneros’S Caramelo And Achy Obeja’S Memory Mambo – Bruno Ferrari
Acessar

Resumo:

RESUMO O objetivo desta dissertação é investigar o papel da memória como forma de desnaturalização da história tradicional e como instrumento importante na articulação de uma política de identidade em Caramelo; da chicana Sandra Cisneros; e em Memory Mambo; da cubana-americana Achy Obejas. O trabalho focaliza as estratégias narrativas e temas utilizados pelas escritoras a fim de subverter a história tradicional. Em Caramelo; através do uso da polifonia e de elementos paratextuais e metaficcionais na narrativa; Cisneros cruza a fronteira entre o público e o privado; entrelaçando história e memória. Partindo das recordações pessoais que a personagem Soledad compartilha com sua neta Lala; Cisneros acaba por narrar a história do povo chicano; conferindo-lhe um caráter memorialista. Em Memory Mambo; Obejas também cruza a fronteira entre o público e o privado através do entrelaçamento das memórias contraditórias da família de imigrantes/ exilados Casas y Molina com eventos da história cubana. Ao problematizar a memória no exílio; Obejas rompe com uma tradição na literatura de exílio cubana de produzir representações históricas nostálgicas em relação a um passado idílico. Assim; ambas as escritoras questionam o status de verdade absoluta da história; enfatizando seu caráter artificial e contraditório; ao mesmo tempo em que ressaltam a natureza construída dos modos de representação. Palavras-chave: literatura latina nos EUA; história; memória; identidade; pósmodernismo

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UERJ/LETRAS
  • Área de Conhecimento: LETRAS
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2006
  • Tamanho: 1.45 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: