O Patrimônio Por Escrito: A Política Editorial Do Serviço Do Patrimônio Histórico E Artístico Nacional Durante O Estado Novo (1937-1946) – Raul Amaro De Oliveira Lanari

O Patrimônio Por Escrito: A Política Editorial Do Serviço Do Patrimônio Histórico E Artístico Nacional Durante O Estado Novo (1937-1946) – Raul Amaro De Oliveira Lanari
Acessar

Resumo:

Resumo: A presente dissertação tem o objetivo de analisar a política editorial do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (SPHAN) entre 1937, ano em que o órgão foi fundado, e 1945, ano que marca o final do regime do Estado Novo e que precede a primeira reforma administrativa da instituição. Composta pela Revista do SPHAN e pelas Publicações do SPHAN, a política editorial dirigida por Rodrigo Melo Franco de Andrade ocupou um lugar articulado com a tradição editorial brasileira, mas ao mesmo tempo inovador na temática abordada – os monumentos nacionais. A presente pesquisa tem o objetivo de analisar o lugar central ocupado por essa iniciativa editorial na afirmação do novo órgão de proteção ao patrimônio histórico e artístico nacional, revelando as tensões que envolviam o processo de escolha de autores e de produção material das edições, bem como sua distribuição. Por fim serão examinados os artigos e monografias publicados, buscando identificar as diversas representações sobre a nação através dos monumentos identificados.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFMG/HISTÓRIA
  • Área de Conhecimento: HISTÓRIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2010
  • Tamanho: 1.64 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: