O Núcleo Geniculado Lateral Dorsal Do Tálamo Do Sagüi (Callithrix Jacchus): Projeção Retiniana, Caracterização Citoarquitetônica E Neuroquímica Da Principal Estação Visual Primária – Janaína Siqueira Borda

O Núcleo Geniculado Lateral Dorsal Do Tálamo Do Sagüi (Callithrix Jacchus): Projeção Retiniana, Caracterização Citoarquitetônica E Neuroquímica Da Principal Estação Visual Primária – Janaína Siqueira Borda
Acessar

Resumo:

O tálamo exerce um importante papel no processamento de informações sensoriais, em particular, a informação visual. Vários grupos neuronais já foram caracterizados como condutores e processadores de informações sensoriais importantes para o córtex cerebral. O complexo geniculado lateral é um deles e aparece como um grupo muito estudado uma vez que é responsável, em quase toda sua totalidade, pelo processamento de informação visual. Entre os núcleos que constituem o complexo geniculado lateral destacamos o núcleo geniculado lateral dorsal do tálamo (GLD), o principal relé talâmico para as informações visuais. Este núcleo se localiza rostral e lateral ao núcleo geniculado medial e ventral ao núcleo pulvinar do tálamo na maioria dos mamíferos. Nos primatas humanos e não humanos, apresenta-se como uma estrutura laminar, disposto em camadas, quando observada em secções coronais. O objetivo neste trabalho foi fazer um mapeamento da projeção retiniana e uma caracterização citoarquitetônica e neuroquímica do GLD no Callithrix jacchus (sagüi), um primata do Novo Mundo. As projeções retinianas foram traçadas por transporte anterógrado da subunidade B da toxina colérica (CTb), a citoarquitetura foi descrita através do método de Nissl, e para a caracterização neuroquímica técnicas imunoistoquímicas foram utilizadas para examinar os principais neurotransmissores e substâncias neuroativas presentes neste centro neural. No GLD do tálamo do sagüi, nas secções coronais coradas pelo método de Nissl, foi possível visualizar a divisão desse núcleo em quatro camadas dividas em duas porções: magnocelular e parvocelular. As projeções retinianas estavam presentes visualizando-se fibras e terminais imunorreativos a CTb (CTb- IR) no GLD ipsolateral e contralateral. E através das técnicas imunoistoquímicas observou-se que o GLD contêm células, fibras e/ou terminais imunorreativos a proteína nuclear neuronal, subunidades dos receptores AMPA de glutamato (GluR1, GluR2/3, GluR4), colina acetiltransferase, serotonina, descarboxilase do ácido glutâmico, proteínas ligantes de cálcio (calbindina, calretinina e parvalbumina), vasopressina, polipeptídeo intestinal vasoativo, e uma proteína astrocitária, proteína acídica fibrilar glial.

Detalhes:

  • Categoria: Teses e dissertações
  • Instituição: UFRN/PSICOBIOLOGIA
  • Área de Conhecimento: PSICOLOGIA
  • Nível: Mestrado
  • Ano da Tese: 2009
  • Tamanho: 2.34 MB
  • Fonte: Portal Domínio Público

Faça download do ebook em PDF: